Covid-19: Permanecem internadas 16 pessoas em Araraquara

Foram notificados, até o momento, 5 óbitos suspeitos, sendo que um deles já foi descartado por exame, um foi positivado para Coronavírus e outros 3 e aguardam resultados de exame.

49

O Comitê de Contingência do Coronavírus Araraquara, instituído por Decreto Municipal, se reuniu nesta quarta-feira, dia 8 de abril, para novas deliberações sobre medidas de combate à transmissão do COVID-19 (Coronavírus).

Tendo em vista as deliberações tomadas nesta reunião do Comitê, a Prefeitura Municipal está publicando Resolução que fixa interpretações e estabelece esclarecimentos a fim de aperfeiçoar a aplicação e efetividade do Decreto nº 12.236, que reconhece, no Município, o estado de calamidade pública, decorrente da pandemia do COVID-19.

De acordo com a Resolução:

– Hipermercados, supermercados, mercados, varejões, quitandas, padarias, açougues e assemelhados devem limitar o ingresso de consumidores, permitindo tão somente 1  consumidor de cada família ou grupo e realizar distribuição de senhas, observada a concentração de pessoas dentro do recinto de 1 consumidor para cada 3 m² (três metros quadrados).

– Estes estabelecimentos deverão organizar filas externas de forma a evitar a aglomeração de pessoas na entrada, observada a distância de 1,50 (um metro e cinquenta centímetros) entre um consumidor e outro.

– Os estabelecimentos que exclusivamente prestam serviços de estacionamento, assim como os estabelecimentos que pratiquem atividade econômica secundária de correspondência bancária podem prestar atendimento presencial dos consumidores, desde que limitado a até 3 consumidores por vez, devendo ser organizadas de filas externas ao estabelecimento de forma a evitar a aglomeração de pessoas, observada a distância de 1,50 (um metro e cinquenta centímetros) entre um consumidor e outro.

– Permanece vedado, em qualquer caso, o atendimento presencial para as demais atividades econômicas exercidas pelos estabelecimentos que pratiquem atividade econômica secundária de correspondência bancária.

– Ainda de acordo com a Resolução, na hipótese de ocorrência de óbito, em residência, em que o obituado tenha testado positivo para o COVID-19 ou em que o obituado tivesse suspeita de contaminação, deverão ser adotadas ser adotadas as seguintes providências:

*Caso tenha ocorrido acompanhamento médico prévio e específico, deverá ser providenciado junto ao profissional médico a emissão da declaração de óbito, bem como ser acionado o serviço funerário;

* Caso não tenha ocorrido acompanhamento médico prévio e específico, deverá ser acionado o SAMU para constatação do óbito no local, bem como acionado o serviço funerário.

– Os estabelecimentos que executam serviços funerários e congêneres são estabelecimentos prestadores de serviços de interesse à saúde e devem observar, nos cuidados, traslados e preparações do corpo as normas atinentes à matéria, em especial a Resolução nº 28, de 25 de março de 2013, da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, bem como a Nota Técnica da ANVISA Nº 04, de 30 de janeiro de 2020.  

– Essas normas recomendam aos familiares a não realização de funeral, ou, em havendo, que o seja com o menor número possível de pessoas, preferencialmente apenas familiares e sem pessoas do grupo de risco, com objetivo de evitar o contágio a partir das pessoas que mantiveram contato com o falecido.

– Recomenda ainda manutenção do caixão fechado durante todo o funeral e disponibilização de condições de higienização das mãos das pessoas presentes ao funeral.

Rede de Solidariedade

A Rede de Solidariedade da Prefeitura recebeu, em 10 dias de operação, 778 ligações, sendo que 570 são pedidos de cestas básicas. Foram entregues 197 cestas, além de 72 litros de leite e 50 kits de higiene, contendo detergente, água sanitária e sabonete.

A prioridade são os idosos, as pessoas com doenças crônicas, os desempregados e os que ainda não são atendidos pelos programas sociais do município.

A Rede de Solidariedade também recebeu 48 doações diversas, entre elas, quase 2 toneladas de alimentos perecíveis da merenda escolar, doadas pela Secretaria Municipal da Educação, que foram distribuídas entre entidades sociais do município e seus atendidos e também complementaram as 197 cestas distribuídas.

Nos próximos dias, começarão a ser distribuídas a famílias em situação de vulnerabilidade do município, 1.953 cestas de alimentos. Elas foram montadas com alimentos da merenda e estão seguindo para as unidades da rede pública municipal, de onde serão distribuídas a família em vulnerabilidade, mediante agendamento realizado pela direção da escola.

A Rede também conta com campanhas fixas, inclusive realizadas por igrejas da cidade neste período da Semana Santa e Páscoa.

A Rede de Solidariedade do Município funciona pelo telefone 0800-773-1145, que recebe ligações das 8h às 18h, todos os dias, inclusive nos finais de semana. A Prefeitura também possui duas contas correntes para doações da população. Todos os dados estão no site da Prefeitura.

Assistência Social e Saúde

Nesta quarta-feira, dia 8 de abril, está tendo início uma abordagem social da população em situação de rua, realizada por equipes da Saúde e da Assistência e Desenvolvimento Social.

O objetivo é monitorar, acolher e orientar essas pessoas sobre as questões de enfrentamento e prevenção do Covid-19.

Situação Epidemiológica

Araraquara contabiliza hoje 65 casos notificados de Coronavírus, sendo que, destes, 7 estão confirmados, 31 foram descartados e 27 casos seguem sendo monitorados e aguardando resultado de exames.

Dos 65 casos notificados, 53 pessoas foram internadas. Dessas, 32 já receberam alta e 16 permanecem internadas.

Foram notificados, até o momento, 5 óbitos suspeitos, sendo que um deles já foi descartado por exame, um foi positivado para Coronavírus  e outros 3 e aguardam resultados de exame.

O óbito registrado como suspeito no boletim de hoje refere-se a um idoso de 86 anos, com comorbidades, que foi internado ontem em um hospital particular da cidade e faleceu à noite.

Os suspeitos e os casos confirmados, assim como seus comunicantes, estão sendo monitorados pela Secretaria Municipal da Saúde. O objetivo é orientar e cobrar o cumprimento da quarentena.

E seguindo orientações de autoridades da saúde, o Comitê de Contingência do Coronavírus de Araraquara orienta a população a permanecer em casa e não viajar durante o feriado prolongado de Páscoa. O momento é crítico em todo o país e o isolamento social é única forma de combate à proliferação do vírus.

Todas as informações oficiais sobre todas as ações de enfrentamento e combate do Coronavírus em Araraquara podem ser acessadas no site  www.araraquara.sp.gov.br , bem como nas mídias sociais oficiais da Prefeitura.