Covid-19 faz mais 7 vítimas fatais em Araraquara

Além da alta nas mortes, Araraquara registrou nesta quarta-feira (3), mais 115 casos positivos de Coronavírus

164

Araraquara registrou nesta quarta-feira, dia 3 de março, mais 107 casos positivos de Coronavírus, o equivalente a 27% de 400 amostras analisadas na Unesp e na UPA da Vila Xavier. Além destes, mais 8 foram positivados em laboratórios da rede complementar particular, totalizando 115 novos casos. Portanto, agora são 14.969 casos em Araraquara.

Do total de confirmados, 1.106 permanecem em quarentena e 13.639 já saíram. Aguardam resultado de exames 350 amostras.

Hoje, 216 pacientes estão internados. Destes, 145 estão em enfermaria – 3 suspeitos e 142 confirmados. E 71 casos estão na UTI – 3 suspeitos e 68 confirmados. Do total de 216 internados, 179 são moradores de Araraquara e 37 são de outros municípios e foram transferidos para hospitais da cidade.

Com relação às internações nos serviços hospitalares que disponibilizam leitos para Covid-19 (públicos e privados), a cidade conta hoje com uma taxa de ocupação de 94% de leitos de enfermaria e 86% de UTI.

Hoje, a Santa Casa de Araraquara tem 20 pacientes internados com Covid-19, a Unidade de Retaguarda do Melhado tem 38 pacientes e o Hospital de Campanha tem 42 pacientes.

Foram notificados, até o momento, 224 óbitos decorrentes de Coronavírus. E um óbito suspeito está sendo investigado.

Os 7 óbitos mais recentes são:

Homem de 74 anos, com comorbidades, internado em hospital da rede pública desde o dia 27 de fevereiro.

Homem de 75 anos, com comorbidades, internado em hospital da rade pública desde o dia 20 de fevereiro.

Homem de 88 anos, com comorbidades, internado em hospital da rede privada desde o dia 1º de março.

Mulher de 74 anos, sem comorbidades, internada em hospital da rede pública desde o dia 27 de fevereiro.

Homem de 79 anos, com comorbidades, internado em hospital da rede pública desde o dia 2 de março.

Mulher de 30 anos, com comorbidades, internada em hospital da rede pública desde o dia 19 de fevereiro.

Homem de 67 anos, com comorbidades, internado em hospital da rede pública desde o dia 1º de março.

Todos os positivados, assim como seus comunicantes, estão sendo monitorados pelas equipes da Secretaria Municipal da Saúde. O objetivo é orientar e cobrar o cumprimento da quarentena.