Cooperativa inicia trabalho na horta comunitária do Residencial dos Oitis

Formada por egressos do sistema prisional, Cooperativa Sol Nascente implantou o projeto “Composteira do Bem”, que transforma matéria orgânica em adubo

30

O prefeito Edinho participou nesta sexta-feira (18) do início do trabalho da Cooperativa Sol Nascente na horta comunitária do Residencial dos Oitis, no Jardim Iguatemi. A mesma cooperativa já havia iniciado sua atuação na horta do Jardim São Rafael na semana passada.

As hortas comunitárias integram o programa “Colhendo Dignidade”, que leva alimentação de qualidade aos moradores e promove a integração social. O programa passa a contar com a parceria da Cooperativa Sol Nascente, formada por egressos do sistema prisional.

A cooperativa desenvolveu um projeto de compostagem, chamado de “Composteira do Bem”, em que a matéria orgânica do lixo gerado pela comunidade é transformada em adubo, o que contribui para o meio ambiente. Essa é uma das cooperativas que foram formadas neste ano com apoio da Prefeitura.

“Acredito muito nas cooperativas. São uma forma de geração de emprego e renda em que não há patrões e os próprios trabalhadores cuidam do negócio. E também acredito muito na reinserção social dos egressos do sistema prisional. A gente tem que dar a segunda chance para os egressos reconstruírem suas vidas. Tenho certeza de que essa cooperativa vai dar certo”, afirmou o prefeito.

Um dos integrantes da cooperativa deu um depoimento emocionado. Mooslin Ribeiro Batista, de 29 anos, morador dos Oitis, contou sua história de superação. “Agradeço à Prefeitura por esse olhar para com os egressos. O pessoal apoiou a gente, nos capacitou. A gente sofre muito preconceito, mas agora temos a chance de melhorar nossa vida e outras vidas”, disse.

“É um projeto muito importante e que trabalha o desenvolvimento sustentável, a segurança alimentar, o combate à fome, a agroecologia, a economia solidária”, analisou a coordenadora do Trabalho e de Economia Criativa e Solidária, Camila Capacle.

Ainda estiveram presentes as secretárias Jacqueline Barbosa (Assistência e Desenvolvimento Social) e Amanda Vizoná (Planejamento e Participação Popular); o coordenador de Segurança Alimentar, Marcelo Mazeta; a coordenadora de Direitos Humanos, Rafaela Modé; e a gestora das Hortas Comunitárias, Enedina Andrade, entre outros gestores municipais.