Clubes do futebol amador querem ser ouvidos

O vereador Aluisio Boi, Presidente da Câmara, articula encontro com o Executivo, para dar voz a quem de fato utiliza os campos

39

Um olhar especial e mudanças para potencializar o futebol amador de Araraquara. Esses foram temas de reunião do presidente da Câmara Municipal de Araraquara, vereador Aluisio Boi (MDB) e Ronaldo Soares, presidente da Liga Esportiva de Futebol e Eventos do Município de Araraquara (Lefemara), representando os clubes, na tarde desta segunda-feira (12), no gabinete da presidência da Casa de Leis.

Em consequência da pandemia, o campeonato amador de futebol está parado. Existe a expectativa de que o Estado e o município autorizem a retomada das atividades no final do segundo semestre. Considerando esta possibilidade, os clubes amadores de Araraquara estão sugerindo que a Prefeitura encaminhe para a Câmara uma lei determinando que todos os campos amadores que estão passando por reformas sejam utilizados apenas pelo esporte amador, masculino e feminino.

“Estamos levando ao Executivo essa proposta, tanto sobre aquelas reformas dos campos do Botânico, da Atlética, do ACO, como dos campos dos bairros Jardim América, Florência, Selmi Dei, De Santi, Hortênsias e outros. Eles querem uma reunião com o prefeito e estou articulando esse encontro, para discutir a retomada. Os clubes querem ser ouvidos”, informou Boi, que apontou que “eles querem uma atenção especial com os gramados. Estão reivindicando uma equipe experiente e específica só para cuidar disso”.

Segundo Soares, “quando do retorno, as competições também devem incluir as categorias menores em eventos oficiais, seguindo todas as normas estabelecidas, uma vez que existe a possibilidade também de uma parceria com a Federação Paulista de Futebol, porque a Lefemara é filiada à Federação. O amador só tem a ganhar”.

Boi lembra que para a realização de campeonatos federados, Araraquara precisa dar uma guinada no futebol amador, com muita organização e uma volta às atividades de forma marcante. “Nós vamos fazer essa ponte com o Executivo, Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, Lefemara e os clubes amadores, para organizar um calendário, tanto para campeonatos, quanto nas reformas e ampliações, para a administração pública ouvir quem de fato utiliza os campos”, enfatizou Boi.

O parlamentar já adiantou o assunto com prefeito, que concordou em receber os representantes dos clubes.