Cidade registrou mais 6 óbitos por coronavírus em 24 horas

Araraquara registrou nessa sexta-feira (12), mais 120 casos positivos de Coronavírus

86

Araraquara registrou nesta sexta-feira (12), mais 74 casos positivos de Coronavírus, o equivalente a 41% de 219 amostras analisadas na Unesp e na UPA da Vila Xavier. Além destes, mais 46 foram positivados em laboratórios da rede complementar particular, totalizando 120 novos casos.

A cidade também registrou mais 6 óbitos decorrentes da Covid-19 em 24 horas.

Portanto, agora são 11.759 casos em Araraquara. Do total de confirmados, 713 permanecem em quarentena e 10.905 já saíram. Aguardam resultado de exames 369 amostras.

Hoje, 184 pacientes estão internados. Destes, 131 estão em enfermaria – 6 suspeitos e 125 confirmados. E 53 estão na UTI – 1 suspeito e 52 confirmados. Do total de 184 internados, 150 são moradores de Araraquara e 34 são de outros municípios e foram transferidos para hospitais da cidade.

Com relação às internações nos serviços hospitalares que disponibilizam leitos para Covid-19 (públicos e privados), a cidade conta hoje com uma taxa de ocupação de 100% de leitos de enfermaria (novos leitos de enfermaria foram abertos em caráter de urgência) e 95% de UTI.

Hoje, a Santa Casa de Araraquara tem 19 pacientes internados com Covid-19, a Unidade de Retaguarda do Melhado tem 15 pacientes e o Hospital de Campanha tem 37 pacientes.

Foram notificados, até o momento, 141 óbitos decorrentes de Coronavírus.

Os  óbitos mais recentes são:

Homem de 43 anos, com comorbidades, que estava internado em hospital público desde 6 de fevereiro.

Mulher de 73 anos, com comorbidades, que estava internada em hospital público desde 5 de feveiro.

Mulher de 73 anos, com comorbidades, que estava internada em hospital público desde 21 de janeiro.

Mulher de 88 anos, com comorbidades, que estava internado em hospital particular desde 3 de fevereiro.

Homem de 67 anos, com comorbidades, com familiar positivado e internado, que faleceu em casa antes de buscar assistência médica. O exame foi colhido e positivado pós-morte.

Homem de 50 anos, com comorbidades, que foi atendido na rede privada de saúde, foi positivado e seguia com tratamento em casa. Seu quadro clínico se agravou e ele faleceu em casa.

Todos os positivados, assim como seus comunicantes, estão sendo monitorados pelas equipes da Secretaria Municipal da Saúde. O objetivo é orientar e cobrar o cumprimento da quarentena.