Cesta básica araraquarense registra nova alta em agosto

Produtos que mais contribuíram para a inflação foram o café torrado e moído, (15,64%), frango resfriado (9,64%), salsicha avulsa (8,46%), açúcar refinado (8,01%) e extrato de tomate (6,57%)

17

O valor médio da cesta básica em Araraquara registrou alta de 1,90% em agosto, segundo pesquisa mensal do Núcleo de Economia do Sincomercio Araraquara. De acordo com o levantamento, o custo médio da cesta, que em julho era de R$ 799,18, passou para R$ 814,38 em agosto.

Os produtos que mais subiram no período foram: o café torrado e moído (15,64%), frango resfriado (9,64%), salsicha avulsa (8,46%), açúcar refinado (8,01%) e extrato de tomate (6,57%). E as maiores quedas foram: alho (-9,76%), cebola (-7,52%), papel higiênico folha dupla (-2,66%), creme dental (-2,06%) e farinha de mandioca torrada (-1,95%).

No total, a variação acumulada em 2021 é de 3,71% e os produtos com maior alta no ano foram: café torrado (34,61%), açúcar refinado (32,85%) e margarina vegetal (24,88%). Já os produtos com a maior variação negativa no mesmo período foram: batata (-44,68%), cebola (-28,32%) e arroz branco (-12,80%).

“Dos 32 produtos analisados na pesquisa, 20 apresentaram alta na avaliação mensal e 12 estão mais baratos. Dos 12 itens que reduziram de preço em agosto, seis deles variaram menos de 1%, causando impacto reduzido sobre o valor final da cesta. Por outro lado, apenas três dos 20 produtos em alta subiram menos de 1%, enquanto sete itens romperam a barreira dos 5% de aumento no último mês”, explica João Delarissa, pesquisador do Núcleo de Economia do Sincomercio.

Para João, as maiores altas observadas durante o mês de agosto seguem sofrendo os mesmos impactos dos meses anteriores. “A valorização do dólar, moeda mais utilizada nas trocas internacionais, é um dos principais fatores e vem mantendo aquecidas as exportações de produtos como o café, o açúcar e as carnes bovina, suína e de aves, causando interferência direta nos preços por meio da oferta reduzida”, ressalta.

Custo médio

O custo médio da cesta básica em Araraquara representa atualmente 74,0% do salário mínimo, de acordo com a pesquisa. O valor é 1,3 ponto percentual acima do registrado no mês anterior, de 72,7%, e 11,8 pontos percentuais acima do registrado no mesmo mês do ano anterior, isto é, em agosto de 2020, quando o valor da cesta básica representava 62,2% do salário mínimo vigente à época.