Câmara aprova moção de apoio a piso salarial de profissionais da enfermagem e parteiras

O vereador Guilherme Bianco (PCdoB) é o autor do requerimento de moção de apoio ao projeto que institui o piso salarial nacional e a carga horária do Enfermeiro, Técnico de Enfermagem, e do Auxiliar de Enfermagem e Parteira

108

Ao final da 18ª Sessão Ordinária, realizada na terça-feira (18), os vereadores da Câmara Municipal de Araraquara aprovaram o Requerimento nº 418/2021, de autoria do vereador Guilherme Bianco (PCdoB), que trata de Moção de Apoio ao Projeto de Lei nº 2564/2020, do Senador Fabiano Contarato, que institui o piso salarial nacional e a carga horária do Enfermeiro, Técnico de Enfermagem, e do Auxiliar de Enfermagem e Parteira.

De acordo com o parlamentar, o projeto visa corrigir um problema histórico que é garantir o piso salarial para a categoria. “Eu sou filho de uma enfermeira da Gota de Leite. Minha mãe, até seus últimos dias, se dedicou integralmente a esta profissão. E a gente sabe que as enfermeiras, técnicas e auxiliares de enfermagem e parteiras têm que se desdobrar, por muitas vezes, em mais de um hospital para conseguir ter um rendimento financeiro satisfatório e levar o sustento para a sua casa”, justificou.

O piso salarial previsto no projeto é R$ 7.350,00. Bianco ainda lembrou que o apoio ao projeto de lei é um movimento que tem acontecido em várias casas legislativas do Brasil e defendeu a importância da propositura nos tempos atuais. “Durante a pandemia são mais de dois milhões de profissionais dessa área na linha de frente. A gente espera que esse projeto seja aprovado para garantir um salário justo e reconhecimento à categoria”.