Avança primeira etapa da manutenção preventiva no Gigantão

Construído nos anos 1968 e 1969, o Gigantão foi inaugurado, pelo então prefeito Rubens Cruz, durante os Jogos Abertos do Interior em outubro de 1969

56

A Gomap Engenharia e Construções Eireli já recuperou parte da estrutura das arquibancadas do Ginásio de Esportes Castello Branco, o Gigantão, principal palco esportivo das modalidades de quadra na região central do Estado de São Paulo.

A recuperação estrutural do prédio teve início em novembro de 2020, após um acordo entre a Prefeitura de Araraquara e o Ministério Público.

Nessa primeira etapa, a construtora recupera as bases das arquibancadas e os pilares de sustentação da cobertura. Os pontos com trincas e ferrugens expostas são tratados e revestidos com massa composta de materiais antiferrugens. Nesta terça-feira (5) e nas próximas semanas, a frente de trabalho atua nos pilares do lado sul do ginásio, que fica ao lado da Avenida Engenheiro João Luiz Molina Gil.

Na sequência a recuperação prosseguirá nas arquibancadas e pilares do lado norte, da Avenida La Salle. A segunda etapa será a manutenção e impermeabilização da cobertura.

O investimento é de R$ 3,7 milhões por meio de contrato entre Prefeitura e o Finisa II (Financiamento à Estrutura e ao Saneamento), com gerência da Caixa Federal.

O aporte ainda contempla diversos bairros da cidade com melhorias em áreas de lazer e praças esportivas. Jardim Tamoio, Martinez, Nova Época, Victório De Santi, Esplanada e Selmi Dei são bairros que estão com obras de revitalização em andamento.

50 anos

Construído nos anos 1968 e 1969, o Gigantão foi inaugurado, pelo então prefeito Rubens Cruz, durante os Jogos Abertos do Interior em outubro de 1969. Durante as últimas cinco décadas o ginásio abrigou inúmeros eventos esportivos, culturais e sociais.

Decisões no basquete, no vôlei, no futsal e handebol fazem parte da rotina do maior símbolo arquitetônico da morada do sol. A estrutura de concreto armado possui um vão livre de 60 metros e quatro mil cadeiras à disposição do público.

Em 1975, Araraquara sediou no Gigantão o Campeonato Sul-americano de Basquete Juvenil. O Brasil, liderado por Oscar Schmitd, venceu a Argentina na final e sagrou-se campeão.

Araraquara voltou a sediar os Jogos Abertos do Interior em 1999 e mais uma vez teve lotação total nos jogos finais. O basquete araraquarense sagrou-se campeão desta edição.

 O maestro Ray Conniff, as cantoras Gal Costa, Simone e os cantores Roberto Carlos, Cazuza, Milton Nascimento, Guilherme Arantes, Raul Seixas ecoaram as vozes no ginásio. Também os grupos musicais Mamonas Assassinas, RPM, Ultraje a Rigor, entre outros, se apresentaram para os araraquarenses.

O piso da quadra poliesportiva revestido de madeira flutuante permite disputas oficiais de futsal. A medida oficial de comprimento é de 40 metros. Recentemente, nos meses de  novembro e dezembro de 2020, o ginásio abrigou jogos e a final da Liga Paulista de Futsal, que teve a equipe feminina da Ferroviária Fundesport campeã ao vencer Santo André por 2 a 0, e grupos da Liga Nacional de Futsal Feminino.

Feiras, exposições e apurações das eleições municipais também foram eventos marcantes na história do gigante de concreto armado