Avança obra da sede do Centro Cultural de Matriz Africana

Com investimento de R$ 395,00, local será utilizado para reuniões, exposições e atividades artísticas

32

Demanda apontada em plenária temática da Igualdade Racial, do Orçamento Participativo (OP), a obra da futura sede do Centro Cultural de Matriz Africana de Araraquara avança para a fase de colocação de lajes. As paredes dos vestiários, sanitários, cozinha e salão para múltiplas atividades já foram edificadas até a altura da cobertura.

Nesta quarta-feira (5), os pedreiros da construtora NBA, empresa responsável pela obra, prepararam a base do contra piso da área construída de 381 metros quadrados.  A área total do Centro Cultural é de 6 mil metros quadrados.

Localizado na Rua Tanios Zbeidi, no IV Distrito Industrial “Henrique João Baptista Crisci”. O local será utilizado para reuniões, exposições e atividades artísticas. O investimento de R$ 395 mil.

“É uma luta de muito tempo da nossa comunidade para que a gente pudesse ter esse espaço para se expressar e mostrar todas as vertentes da nossa cultura. É um ato simbólico, mas um ato maravilhoso para a construção das políticas públicas para a comunidade negra de Araraquara”, afirmou Rita de Cássia Ferreira, presidente do Comcedir (Conselho Municipal de Combate à Discriminação e ao Racismo), durante atividade online de Ordem de Serviço assinada em 2020.