Aulas presenciais retornam no dia 8 de fevereiro em Araraquara, mas não serão obrigatórias

Secretaria da Educação prepara protocolos para volta às aulas com segurança

594

A secretária municipal de Educação, Clélia Mara dos Santos, que retorna ao cargo no atual mandato do prefeito Edinho Silva (PT), confirmou o retorno das aulas presenciais em Araraquara no próximo dia 8 de fevereiro. De acordo com declaração da secretária, as aulas presenciais serão obrigatórias apenas para cerca de 35% dos alunos que apresentaram maior necessidade de acompanhamento das atividades.

Em anúncio feito via rede social, o prefeito Edinho destacou a volta às aulas presenciais como prioridade da pasta nesse início de segundo mandato. “Nós estamos criando duas coordenadorias só para cuidar das medidas de enfrentamento a covid-19. Uma só para cuidar das medidas na rede de educação infantil e outra só para cuidar da rede fundamental e dos cursinhos populares”, declarou o prefeito.

A secretária Clélia Mara confirmou que as medidas para o retorno estão sendo elaboradas e o retorno será gradual e parcial. Segundo a secretária, as condições locais podem, inclusive, ser diferentes daquelas que o Plano SP estabelece. Pelas orientações do governo de São Paulo, municípios na Fase Amarela podem receber até 70% dos alunos em cada turma. Em Araraquara, a ideia é que a capacidade de atendimento seja mantida em 35%. A participação dos alunos também não será obrigatória.