Associação Paulista dos Supermercados pede calma a população

A entidade também pede que o cidadão de Araraquarense não faça as suas compras nos municípios vizinhos para que o vírus não circule

116

A Associação Paulista de Supermercados (APAS) pede que a população de Araraquara tenha calma e evite filas nesta recuperação do direito de acesso aos serviços essenciais dos supermercados. Com isso, o setor quer evitar que se repitam as filas que ocorreram quando foi retirado da população o direito de suprir suas necessidades básicas com a aquisição de alimentos, itens higiene pessoal e materiais de limpeza.

A entidade também pede que o cidadão de Araraquarense não faça as suas compras nos municípios vizinhos para que o vírus não circule. A tendência é de normalidade com a recuperação do direito de acesso aos serviços essenciais dos supermercados.

De acordo com a nova norma, a partir deste sábado (27) os estabelecimentos reabrirão de forma presencial no período 6h às 21h. Aos associados, a APAS indica que, em caso de aglomerações na parte externa, o estabelecimento oriente os consumidores a manter o distanciamento e denuncie o fato à Prefeitura e a autoridade policial competente.

Nesta sexta-feira (26), as atividades de entrega em domicílio (“delivery”) continuam com a opção de retirada no local (“drive thru”), com os estabelecimentos mantendo suas portas fechadas e capacidade operacional aumentada de 30% para até 50% dos colaboradores ou prestadores de serviços.

Sobre a APAS

A Associação Paulista de Supermercados representa o setor supermercadista no Estado de São Paulo e busca integrar toda a cadeia de abastecimento. A entidade tem aproximadamente 1.500 associados, que somam cerca de 4.000 lojas.