Araraquara registrou 15 mortes por Covid-19 nas últimas 48 horas

Com hospitais lotados e pacientes à espera por leitos, Araraquara vive um dos piores momentos de sua história

442

Araraquara registrou a triste marca de mais 6 mortes decorrentes da Covid-19, neste sábado (6). Na sexta-feira (5), outras 9 pessoas morreram na cidade vítimas da doença.

A cidade vive um de seus piores momentos na história com hospitais lotados e filas de espera de pacientes com Covid-19. Infelizmente, essa não é só a realidade da Morada do Sol, mas muitos outros municípios do Estado de São Paulo vivem a mesma situação desesperadora, com um grande número de pessoas infectadas pelo coronavírus e vendo o número de óbitos aumentarem drasticamente.

Na tentativa de conter o avanço da pandemia do coronavírus, foi publicado nos Atos Oficiais da Prefeitura, o decreto municipal nº 12.502, atendendo as novas regras determinadas pelo Governo Estadual, que na última quarta-feira (3) regrediu para a fase vermelha do Plano São Paulo todos os 645 municípios do Estado.

Em diversos pontos, o decreto municipal em vigor já atende as determinações do governo do Estado de São Paulo. O objetivo é ajustar e manter as restrições necessárias para o controle da transmissão da Covid-19 no município e superar essa fase crítica da doença que provocou aumento dos casos, das internações e dos óbitos.

Números da doença na cidade

Araraquara registrou neste sábado (6), mais 140 casos positivos de Coronavírus, o equivalente a 26% de 532 amostras analisadas na Unesp e na UPA da Vila Xavier. Além destes, mais 42 foram positivados em laboratórios da rede complementar particular, totalizando 182 novos casos. Portanto, agora são 15.396 casos em Araraquara.

Do total de confirmados, 891 permanecem em quarentena e 14.265 já saíram. Aguardam resultado de exames 412 amostras.

Hoje, 196 pacientes estão internados. Destes, 121 estão em enfermaria – 2 suspeitos e 119 confirmados. E 75 casos estão na UTI – 1 suspeito e 74 confirmados. Do total de 196 internados, 147 são moradores de Araraquara e 49 são de outros municípios e foram transferidos para hospitais da cidade.

Com relação às internações nos serviços hospitalares que disponibilizam leitos para Covid-19 (públicos e privados), a cidade conta hoje com uma taxa de ocupação de 90% de leitos de enfermaria e 97% de UTI.

Hoje, a Santa Casa de Araraquara tem 20 pacientes internados com Covid-19, a Unidade de Retaguarda do Melhado tem 30 pacientes e o Hospital de Campanha tem 47 pacientes. Foram notificados, até o momento, 240 óbitos decorrentes de Coronavírus.

Os 6 óbitos mais recentes são:

Homem de 68 anos, com comorbidades, que estava internado em hospital da rede pública desde o dia 27 de fevereiro.

Mulher de 42 anos, com comorbidades, que estava internada em hospital da rede pública desde o dia 04 de fevereiro.

Homem de 53 anos, sem comorbidades, que estava internado em hospital particular desde o dia 18 de fevereiro.

Mulher de 89 anos, com comorbidades, que estava internada em hospital particular desde o dia 17 de fevereiro.

Homem de 71 anos, sem comorbidades, que estava internado em hospital particular desde o dia 24 de fevereiro.

Homem de 60 anos, com comorbidades, que estava internado em hospital da rede pública desde o dia 03 de março.

Todos os positivados, assim como seus comunicantes, estão sendo monitorados pelas equipes da Secretaria Municipal da Saúde. O objetivo é orientar e cobrar o cumprimento da quarentena.

Os dados sobre os bairros com casos confirmados e o perfil dos positivados podem ser consultados em link disponibilizado pela Prefeitura, em parceria com o grupo Urbie, Grupo de Inovação e Extensão em Engenharia Urbana da Ufscar. (https://arcg.is/neO5H).