Araraquara lidera lista de ‘gatos’ de energia elétrica na região com 263 fraudes

Regularizações de fraudes apresentam alta de 35% frente a 2019 e mantém o patamar de regularização na comparação com 2020

85

Com apoio de denúncias, de tecnologia e da polícia, a CPFL Paulista realizou ações de combate a fraudes e regularizou, apenas no primeiro semestre de 2021, 13.975 gatos de energia em todas as cidades da sua área de concessão.

Na comparação com o mesmo período de 2019 houve aumento de 35%. Já, frente a 2020, o número se manteve no mesmo patamar. Investimentos no uso de inteligência, tecnologia e o uso do canal de denúncias têm coibido as fraudes.

As regularizações contribuem para a redução nas perdas de energia. Em junho de 2021, a perda de energia da concessionária, causada por fraudes e furtos, foi de 9,31% ante 9,4% no mesmo período do ano passado.

Dentro do combate contra fraudes e furtos, a CPFL Paulista realizou, no primeiro semestre de 2021, 51 ações de Segurança Patrimonial, registrou 1.145 boletins de ocorrência e 54 conduções de criminosos à delegacia.

“Esses resultados fazem parte do trabalho contínuo da empresa e são viabilizados tanto por meio de parcerias com órgãos públicos e autoridades policiais, quanto investindo em tecnologia de ponta e especialização das equipes em processos de monitoramento e análise”, afirma Roberto Sartori, presidente da distribuidora.

A CPFL Paulista reforça que furto de energia é crime, pode trazer riscos à segurança das pessoas, prejudica diretamente a população com instabilidade no fornecimento de energia e é perda de arrecadação de impostos importantes para manter serviços públicos no município. 

Clientes da CPFL Paulista podem contribuir – de forma sigilosa – para o combate às irregularidades por meio do aplicativo “CPFL Energia”, disponível para todas as plataformas de dispositivos móveis, pelo site www.cpfl.com.br/fraude, ou pelo e-mail denunciafraude@cpfl.com.br​. No segundo trimestre de 2021, a CPFL Paulista realizou 13.474 inspeções oriundas de denúncias realizadas.

Entre os municípios com maior volume de fraudes e furtos identificados em todas as cidades atendidas pela CPFL Paulista, no primeiro semestre de 2021, Campinas está em primeiro lugar com 3.386 casos. Ribeirão Preto ocupa a segunda posição com 2.267 e Piracicaba fica em terceiro com 791 casos.     

Já na nossa região, Araraquara lidera a lista com 263 fraudes encontradas e regularizadas, seguida por São Carlos com 206 e Matão com 95 fraudes.