Alunas de Nutrição da Uniara estão envolvidas em projeto da USP

Projeto conta com orientação da docente Rita de Cássia Garcia Pereira

45

As estudantes do curso de Nutrição da Universidade de Araraquara – Uniara, Amanda Malavolta e Geovana Roca, estão envolvidas, sob orientação da professora Rita de Cássia Garcia Pereira, no projeto “Adiposidade no binômio mãe/recém-nascido: estudo coorte prospectivo”, organizado pela professora da Universidade de São Paulo – USP, Patricia Rondó.

“A graduação de Nutrição está envolvida desde 2018, sendo que já tivemos nossos alunos com projeto de Iniciação Científica – IC e Trabalho de Conclusão de Curso – TCC nesse projeto maior. Inclusive ganhamos certificado do XIV Congresso de Iniciação Científica – CIC, realizado em 2019 pela Uniara, na categoria ‘Qualidade acadêmica e dados de pesquisa’. Durante a pandemia, a pesquisa foi interrompida e agora a professora Patricia nos convidou para continuarmos a parceria em sua pesquisa”, relata Rita.

Ela conta que as alunas foram contempladas com uma bolsa de IC e uma bolsa modalidade colaboradora USP, “que deu origem a esse projeto, sendo que uma parte da coleta de dados é realizada em Araraquara nas Unidades Básicas de Saúde – UBS, no Serviço Especial de Saúde de Araraquara – SESA e na maternidade Gota de Leite, onde nossos alunos serão os colaboradores”.

O projeto possui vários recortes, de acordo com Rita. “Em 2021, a Giovana ficará com a parte de ‘Composição corporal do feto no terceiro trimestre da gestação’, na qual propõe-se um estudo transversal descritivo, ligado a um estudo maior do tipo coorte prospectivo de base populacional, que visa a avaliar a composição corporal do feto no terceiro trimestre da gestação. Serão incluídas nesse estudo quinhentas mulheres no terceiro trimestre da gestação, atendidas no pré-natal das 31 Unidades de Saúde de Araraquara”, detalha a professora.

Em outro recorte, Amanda fará a pesquisa “Concentrações de apolipoproteína-B em mulheres no primeiro trimestre da gestação”, segundo Rita. “Esse estudo transversal descritivo parte de um estudo maior do tipo coorte prospectivo de base populacional, que visa a avaliar as concentrações de apo-B em mulheres no primeiro trimestre da gestação. Também serão incluídas no estudo quinhentas mulheres no primeiro trimestre de gestação, atendidas no pré-natal das Unidades de Saúde do município”, diz a docente, que irá orientar as alunas em seus TCCs. “Vou discutir com a professora Patrícia o tema, dentro dessa pesquisa maior”, completa.

A relevância social do projeto é muito grande, na visão de Rita, “pois a maioria dos estudos contempla a relação de obesidade no pós-parto e durante a infância e, nesse estudo tenta-se identificar a relação intrauterina da obesidade”. “Além disso, deu margem a outro estudo, em 2018, que foi o consumo alimentar de gestantes nos trimestres gestacionais, onde escrevi, junto com a professora Patricia, um artigo para a Revista Brasileira Multidisciplinar – ReBraM, intitulado ‘Avaliação do consumo alimentar de gorduras saturadas, colesterol e lipídios totais de gestantes’, publicado em 2020”, destaca.

Com o estudo, “esperamos contribuir para a orientação de gestantes quanto à alimentação e ao consumo alimentar durante a gestação, bem como com a orientação para crianças inseridas no projeto em relação à introdução de sólidos e alimentação complementar”. “Dessa forma, poderemos auxiliar nas dúvidas maternas e na redução da prevalência e incidência de excesso de peso”, finaliza Rita.

Informações sobre o curso de Nutrição da Uniara podem ser obtidas no endereço www.uniara.com.br ou pelo telefone 0800 55 65 88.