‘A prevenção é a melhor forma de lidar com a osteoporose’

Segundo o ortopedista da Unimed Araraquara Dr. Eduardo Augusto Sônego, este é o principal recado a ser pontuado neste dia mundial da doença (20/10)

22

Para o ortopedista da Unimed Araraquara Dr. Eduardo Augusto Sônego, a melhor
maneira de lidar com a osteoporose, cujo dia mundial é lembrado neste dia 20/10, é
adotar alguns hábitos como forma de prevenção.
Capaz de eliminar, progressivamente, a massa óssea das pessoas, causando
enfraquecimento, a doença acomete, principalmente, mulheres acima dos 45 anos, ou
que enfrentam um período pós-menopausa. “Se você se encaixa nesse perfil, procure
o seu ortopedista para fazer uma densitometria óssea”, recomenda.
Segundo dados da International Osteoporosis Foundation (IOF), o problema atinge
cerca de dez milhões de brasileiros, de ambos os sexos. Alguns dos fatores de
agravamento mais comuns são pacientes etilistas, tabagistas ou aqueles s em
tratamentos com uso crônico de corticóides.
“Consuma quantidades adequadas de cálcio. Se você não tem costume de tomar leite,
pode trocá-lo por seus derivados, incluindo folhagens escuras, como brócolis, couve e
espinafre. Junte tudo isso a atividade física, para fortalecer seus músculos. Não se
esqueça da vitamina D: tome 20 a 30 minutos de sol, das 6 às 11h. Se você mantiver
esses hábitos três vezes por semana, com certeza, estará contribuindo para o
fortalecimento do seu organismo”, comenta o especialista.
O principal fator de risco da osteoporose é uma fratura patológica, que pode ocorrer
em qualquer parte do corpo. Porém, as zonas mais afetadas são os pulsos, a coluna e
os quadris. “Muita gente só descobre a doença quando ocorre um acidente. Por isso,
previna-se e consulte sempre um médico”, finaliza o ortopedista.