Select Page

Quebra queixo – Vaquinha gorda

Vaquinha gorda

A pré-candidata da Rede à Presidência da República nas eleições de 2018, Marina Silva, conseguiu bater a meta de sua vaquinha online nesse domingo (22). Depois de cinco dias, foram arrecadados R$ 100 mil.

Os colaboradores podem doar R$ 20, R$ 50, R$ 100, R$ 200, R$ 500 ou R$ 1.060. Na manhã dessa segunda, foram mais R$ 10 mil doados, sendo mil do cineasta e colaborador da campanha, Fernando Meirelles, famoso pelo filme “Cidade de Deus”. O site disponibiliza o nome, CPF, forma de pagamento e nota de todas as doações.

Débil mental

O presidente nacional do MDB, senador Romero Jucá (RR), usou as redes sociais para afirmar que as opiniões do ministro Carlos Marun (Secretaria de Governo) distribuída em mensagem a parlamentares do partido não representa o posicionamento oficial da legenda e são de “cunho pessoal”.

No domingo (22), Marun enviou um texto a lideranças propondo uma forma de “leniência” ao caixa 2 praticado em eleições passadas e recomendou o fim da gratuidade total aos pacientes no Sistema Único de Saúde (SUS). Além disso, Marun afirmou que o governo vetou o apoio do Centrão a Ciro Gomes (PDT), chamando o presidenciável pedetista de “débil mental”.

Bolsonaro sem vice

Em coligações partidárias e candidato a vice-presidente definido, a convenção que oficializou o deputado Jair Bolsonaro (PSL) como postulante à Presidência ocorreu com críticas ao centrão.

Cotada para dividir a chapa com Bolsonaro, a advogada Janaína Paschoal compareceu ao evento, mas disse que as conversas não foram concluídas. Ela se posicionou ao lado do presidenciável no palanque, que foi cercado por outros dois aliados que já haviam sido cotados para vice: o general reformado do Exército Augusto Heleno (PRP) e o senador Magno Malta (PR-ES). Os dois não tiveram apoio de seus partidos para acompanharem o deputado.

Damous e a farsa Lulista

Wadih Damous visitou hoje o presidiário em Curitiba.

“O presidente mandou que eu dissesse que não há qualquer hipótese de recuo: ele é o candidato do PT”.

O deputado petista lembrou o episódio da patacoada do plantonista Rogério Favreto.

“O sistema da Lava Jato rasgou as leis e o presidente Lula não pôde sair, mas conseguimos uma grande vitória”.

Damous disse também que o corrupto e lavador de dinheiro “está bem fisicamente, mentalmente”.

Advertisement

Últimos Vídeos

Loading...

Arquivos