Select Page

Quebra queixo – Mortos sem paz



Mortos sem paz Quem fez do feriado de Finados uma oportunidade para visitar o Cemitério São Bento, no Centro de Araraquara, deparou-se com um cenário lastimável, com lápides depredadas e objetos furtados. O vereador Rafael de Angeli (PSDB) esteve no local, na manhã dessa segunda-feira (5), para conferir a situação e cobrar providências. De acordo […]

Quebra queixo

Mortos sem paz

Quem fez do feriado de Finados uma oportunidade para visitar o Cemitério São Bento, no Centro de Araraquara, deparou-se com um cenário lastimável, com lápides depredadas e objetos furtados. O vereador Rafael de Angeli (PSDB) esteve no local, na manhã dessa segunda-feira (5), para conferir a situação e cobrar providências.

De acordo com funcionários da administração do cemitério, o furto teria ocorrido na madrugada do dia 1º de novembro, após suspeitos estourarem o cadeado do portão de acesso, localizado na Avenida São Paulo. Trata-se do terceiro furto em menos de quinze dias. No primeiro, registrado em 17 de outubro, mais de 40 sepulturas foram alvos de vandalismo. Agora, foram atacados outros 47 túmulos.

Aposentadoria

O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), defendeu ontem (5) que seja aprovado ainda este ano algum passo, “por menor que seja”, na Reforma da Previdência. Ele propõe a fixação da idade mínima para 61 anos para os homens e 56 para mulheres. O presidente prevê “majorar” em determinas carreiras que serão especificadas. A intenção é aprovar as mudanças ainda este ano.

“Um grande passo, no meu entender, se este ano for possível, vamos passar para 61 anos [a idade mínima] o serviço público para o homem, 56 para a mulher, e majorar também o ano nas demais carreiras”.

Segundo Bolsonaro, não se pode generalizar a fixação da idade mínima de 65 anos porque certas atividades são incompatíveis com a aposentadoria até mesmo aos 60.

Gás mais caro

Os preços do gás liquefeito de petróleo de uso residencial (GLP-P13) – gás de cozinha de 13 quilogramas – estarão 8,5% mais caros a partir de hoje (6). De acordo com a Petrobras, na média nacional, o preço de venda nas refinarias da companhia, sem tributos, será equivalente a R$ 25,07. Desde janeiro, quando passou a ter reajustes trimestrais, a alta acumulada do produto é de R$ 0,69 ou 2,8%.

Para seguir a metodologia atual, a Petrobras aplicou, este ano, reduções nos preços em janeiro e abril e uma elevação em julho. O preço representa um ajuste de R$ 1,97 em relação aos R$ 23,10 em vigor desde julho. Segundo a companhia, os motivos para a alteração dos preços foi a desvalorização do real frente ao dólar e as elevações nas cotações internacionais do GLP.

Últimos Vídeos

Loading...

Charge do Dia

Publicidade

Arquivos