Select Page

Quebra queixo – Lama Asfáltica



Lama Asfáltica A Polícia Federal deflagrou ontem (27) a Operação Computadores de Lama, a 6ª fase da Operação Lama Asfáltica. É para investigar a remessa ilegal de dinheiro para o exterior feita por donos de empresas de informática envolvidos em um esquema criminoso que fraudavam licitações e superfaturavam na execução de contratos com o governo […]

Lama Asfáltica

A Polícia Federal deflagrou ontem (27) a Operação Computadores de Lama, a 6ª fase da Operação Lama Asfáltica. É para investigar a remessa ilegal de dinheiro para o exterior feita por donos de empresas de informática envolvidos em um esquema criminoso que fraudavam licitações e superfaturavam na execução de contratos com o governo de Mato Grosso do Sul.

“O prejuízo calculado, em razão das fraudes e das propinas pagas a integrantes da organização criminosa, levando-se em consideração todas as seis fases, já ultrapassa os R$ 432 milhões”, diz o Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU).

.

Paga e paga

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, comentou nesta terça-feira (27) sobre o aumento dado aos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), sancionado por Michel Temer. Segundo ele, “toda a população” vai pagar o preço do reajuste.A declaração foi feita a jornalistas, que pediram que ele comentasse a decisão da

presidência. “Pergunta pro Temer. O Temer que decidiu sancionar”, respondeu Bolsonaro, de acordo com o UOL.

Depois, um jornalista disse que a conta seria paga no próximo ano e, por isso, na gestão de Bolsonaro. “Quem vai pagar é toda a população brasileira, quem vai pagar é todo mundo. A minha responsabilidade nessa área começa a partir de 1º de janeiro do ano que vem”.

Coisa de louco

O deputado federal Eduardo Bolsonaro, filho do presidente eleito, Jair Bolsonaro, afirmou ontem (27) que o futuro governo tem a intenção de mudar a embaixada do Brasil em Israel de Tel Aviv para Jerusalém. O deputado disse que acredita que já está decidido que a mudança ocorrerá e que “a questão não é perguntar se vai [ocorrer], a questão é perguntar quando será”, afirmou.

“A gente ainda não sabe ao certo dentro do governo a data, como é que ocorre. A gente tem a intenção e a ideia”, disse. A afirmação foi feita em Washington, depois de o deputado ter se reunido na Casa Branca com o conselheiro sênior e genro de Donald Trump, Jared Kushner. Kushner é um dos principais articuladores da política para o Oriente Médio do governo Trump.

Últimos Vídeos

Loading...

Charge do Dia

Publicidade

Arquivos