Selecione a página

Quebra Queixo de quinta-feira

A “vaquinha” da DilmaA afastada Dilma vivendo seu período de vacas magras, após perda das benesses presidenciais – incluindo aí as farras sem limites com aviões da FAB – lança no ar o seu programa “presidenta esperança” para angariar recursos para financiar suas estripulias aéreas. As contribuições são restritas a pessoas físicas residentes no Brasil […]

A “vaquinha” da Dilma
A afastada Dilma vivendo seu período de vacas magras, após perda das benesses presidenciais – incluindo aí as farras sem limites com aviões da FAB – lança no ar o seu programa “presidenta esperança” para angariar recursos para financiar suas estripulias aéreas. As contribuições são restritas a pessoas físicas residentes no Brasil e começam a partir de R$ 10. Os ‘cabeças de vento’ estão a todo vapor na campanha, nas primeiras cinco horas do lançamento da campanha foram arrecadados mais de R$ 70 mil de 831 pessoas, superando as expectativas da petista. Os desempregados deste Brasilzão também farão vaquinhas virtuais para recompor as asas de seus orçamentos que foram cortados sem o menor pudor. A nossa “Galeão-Cumbica” está do ar.

Constrangimento ilegal
Parem as máquinas, tirem as crianças da sala, pois o assunto a seguir é obsceno e pornográfico, e poucos terão estômago para ler. O ministro Dias Toffoli, (STF), atendeu nessa quarta-feira (29) pedido do ex-ministro Paulo Bernardo e revogou sua prisão, mas recusou outra solicitação da defesa do petista para que o caso fosse encaminhado da Justiça Federal de São Paulo para a Suprema Corte. Paulo Bernardo foi preso pela Operação Custo Brasil, um desdobramento da Lava Jato. Não custa lembrar: A operação revelou que a Consist é acusada de desviar R$ 100 milhões de empréstimos consignados de funcionários públicos federais ativos e inativos. As investigações apontam que o escritório de advocacia de Guilherme Gonçalves um dos envolvidos na tramoia recebeu da Consist R$ 7 milhões, e que repassou 80% para o ex-ministro. Roubar aposentado pode, só não pode constranger o ladrão. Pare o Brasil que quero descer. Que custo, que susto!

Cunha o maridão
Antes do início dos jogos olímpicos já temos a primeira medalha feminina de ouro na modalidade acumulação exponencial de riqueza. A quebra de sigilo fiscal da jornalista Claudia Cruz, mulher do presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, revela um crescimento patrimonial de 151% em seis anos, de 2008 a 2014. O patrimônio pulou de R$ 1,6 milhão para R$ 4,02 milhões. O valor é mais que o dobro do patrimônio do deputado. Isso que chamo de bom marido, além de dar a ela cartões de crédito sem limites, ainda faz com que seu patrimônio cresça mais que o dele. Sei…

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade