Selecione a página

Quebra Queixo

Desabafo – Pressa de Moro – Destino de Lula – Almino Affonso homenageado na Alesp – Araraquara sai na frente – Centro de Estabilização terá energia solar

Desabafo

O ministro Gustavo Bebianno, da Secretaria-Geral da Presidência, que está de saída do governo de Jair Bolsonaro, publicou um desabafo em seu Instagram na madrugada desse sábado (16).

“O desleal, coitado, viverá sempre esperando o mundo desabar na sua cabeça”, diz um trecho do texto atribuído ao escritor Edgard Abbehusen.

Outro trecho diz: “Saímos de qualquer lugar com a cabeça erguida ao carregar no coração a lealdade”.

Bebianno, no entanto, não cita o nome do presidente na publicação. Seu Instagram, cuja foto de perfil é ele ao lado de Bolsonaro, é privado e tem 10 mil seguidores.

Após uma semana turbulenta em que articulou para se manter no cargo, Bebianno decidiu deixar o governo. Ele recusou o convite para ocupar a diretoria de uma estatal ou um cargo menor na estrutura federal. O ministro teria dito que a oferta era uma demonstração de “ingratidão”.

Pressa de Moro

 Se não for discutido em profundidade, o anteprojeto de leis proposto pelo ministro Sergio Moro (Justiça) para combater o crime organizado e a corrupção pode criar um estado policialesco.

A avaliação é do novo presidente da OAB-SP (Ordem dos Advogados do Brasil), Caio Augusto Silva dos Santos.

Segundo ele, a pressa do ministro em enviar o anteprojeto para o Congresso, nos cem primeiros dias do governo, atropela a discussão com os profissionais de direito e pode sepultar o que chama de conquistas civilizatórias, como o sigilo que vigora entre advogado e cliente.

“A OAB tem uma tradição histórica de defender conquistas civilizatórias. Quando se é movido pela emoção e comoção, aplaude-se até linchamento em praça pública”, afirmou Santos à reportagem.

Destino de Lula

Alvo de pressões políticas, a decisão sobre a transferência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva da cela especial montada na sede da Polícia Federal em Curitiba só sai após decisão do Supremo Tribunal Federal, marcada para abril, sobre a execução da pena após condenação em segunda instância.

Apesar disso, autoridades envolvidas no caso já especulam sobre os possíveis destinos do ex-presidente. Uma das possibilidades é a federalização de uma área em um presídio estadual. Outra possibilidade é a remoção de Lula para uma sala de Estado-Maior em uma unidade militar, em São Paulo, próximo de seu domicílio, ou em Curitiba, no quartel do Exército, localizado no bairro Pinheirinho, área central da cidade.

A transferência de Lula voltou ao debate político nos últimos dias, após a segunda condenação do ex-presidente na Operação Lava Jato, no caso do sítio de Atibaia (SP). Políticos da bancada anti-PT e aliados do governo Jair Bolsonaro (PSL) cobraram a remoção do petista, após a juíza Gabriela Hardt decretar mais 12 anos e 10 meses de prisão à sua pena que era de 12 anos e 1 mês.

 

 

Curtas

Almino Affonso homenageado na Alesp

O deputado estadual Roberto Massafera presta uma justa homenagem ao ex-ministro e vice-governador de São Paulo, Almino Affonso. Por iniciativa do parlamentar, Affonso receberá a medalha de Honra ao Mérito Legislativo concedida pela Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo nesta segunda-feira (18).

Completando 90 anos, Almino Affonso foi deputado federal por São Paulo e pelo Amazonas, Estado em que nasceu no município de Humaitá. Advogado, escritor e político, foi ministro do Trabalho e Previdência de João Goulart, secretário de Assuntos Metropolitanos do governador Franco Montouro, vice-governador de Orestes Quércia, secretário de Relações Institucionais na gestão de José Serra e conselheiro da república do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O deputado Massafera argumenta que a homenagem ao Almino Afonso é justa e merecida. “O Almino Afonso é um homem de compromisso com as grandes causas nacionais e esteve presente e atuante em momentos decisivos da nossa história. Trata-se de um político honrado”, afirmou Massafera.

Araraquara sai na frente

O prefeito Edinho visitou nessa sexta-feira (15) as obras de implantação do Centro de Referência Municipal especializado no atendimento de pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA), no Jardim Dom Pedro I, e destacou que a unidade será um marco nacional na luta pelos direitos das pessoas com esse transtorno.
“Segundo as entidades e associações, esse será o primeiro centro especializado do Brasil. Araraquara sai na frente. Nosso objetivo é que as pessoas que vivem com autismo possam ter avanço nos seus direitos. É mais uma obra importante e que vai trazer uma marca de cidadania, humanitária, para a nossa cidade”, declarou o prefeito.
A ordem de serviço para a implantação da unidade, em imóvel ao lado do Centro Especializado em Reabilitação “Dr. Eduardo Lauand”, foi assinada no último dia 26 de janeiro. O prédio, que chegou a abrigar um telecentro comunitário e está desocupado desde 2014, está passando por obras de reforma e ampliação, no valor de R$ 260 mil, com recursos do Ministério da Saúde.
O centro especializado em autismo irá assegurar um novo modelo para atendimento integrado e multidisciplinar aos autistas de Araraquara e da microrregião. Atualmente, são cerca de 60 pessoas com TEA em acompanhamento no Centro Especializado em Reabilitação.

 

Centro de Estabilização terá energia solar

O Centro de Estabilização, que funcionará no local do antigo Pronto Socorro do Melhado, será o primeiro prédio público de Araraquara com energia fotovoltaica, permitindo a produção de energia elétrica por meio de luz solar. Com a instalação, o secretário municipal de Obras e Serviços Públicos, João Bernal, estima uma economia mensal de R$ 40 mil aos cofres públicos, conforme mencionado ao vereador Paulo Landim (PT) durante vistoria feita às obras na última sexta-feira (8).

De acordo com Bernal, o investimento para a implantação da tecnologia no prédio será pago em três anos, com a possibilidade de a energia excedente ser abatida da conta de outro equipamento público. “A energia solar é uma grande jogada. Vamos tentar adotá-la nas novas construções da Prefeitura”, completou.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade