Select Page

Quebra Queixo



Gilmar na RF – Jair melhora – Lula sabia – Praça dos Advogados precisa de acessibilidade – Vazamento de esgoto causa preocupação – Projeto de Polo Acadêmico é analisado na Câmara

Gilmar na RF

A Corregedoria da Receita Federal instaurou apuração para esclarecer fatos relacionados à abertura de investigação por auditores fiscais sobre o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes.

Nessa sexta-feira (8), a revista Veja revelou que a Receita Federal abriu um procedimento para identificar supostos “focos de corrupção, lavagem de dinheiro, ocultação de patrimônio ou tráfico de influência” do magistrado e de sua mulher, Guiomar Mendes.

Em ofício ao presidente da Corte, Dias Toffoli, Gilmar pediu a adoção de “providências urgentes” para apurar a iniciativa da investigação, segundo ele, sem “nenhum fato concreto” que pudesse motivar a devassa.

A solicitação do ministro foi então encaminhada ao Ministério da Economia.

A apuração interna para esclarecer o episódio foi determinada pelo secretário especial da Receita, Marcos Cintra. A decisão teve a concordância do ministro da Economia, Paulo Guedes.

Jair melhora

Um dia após ter sido diagnosticado com pneumonia, o presidente Jair Bolsonaro teve melhora em seu quadro de saúde e retomou a atividade de despachos: conversou com o vice-presidente Hamilton Mourão por telefone e recebeu um de seus ministros no quarto do hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde completou 13 dias internado nesse sábado (9).

Boletim médico divulgado na sexta (8) diz que o presidente teve “boa evolução clínica nas últimas 24 horas, continua estável, afebril e sem dor”.

O relato não cita a pneumonia, detectada na véspera, mas o porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, disse que a infecção permanecia.

Bolsonaro retirou a sonda nasográstrica e o dreno, colocados no fim de semana, após acúmulo de líquidos, respectivamente no estômago e na cavidade abdominal.

Na quinta, exames detectaram pneumonia provocada por bactérias, o que levou a reforço nos antibióticos.

Lula sabia

O ex-ministro Antonio Palocci disse em delação premiada que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sabia da 24ª fase da Lava Jato, que o levou à força para depor, em março de 2016. O depoimento de Palocci é parte de uma investigação sobre o vazamento dessa fase da operação.

De acordo com o ex-ministro, o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamoto, e a assessora, Clara Antl, sabiam que a operação contra o petista seria realizada, mas não sabiam se ele seria preso ou conduzido coercitivamente. Palocci disse que Okamoto contou ter “feito uma limpa” na casa dele em Atiabaia, assim como Clara.

Segundo o ex-ministro, os funcionários do instituto lamentaram o fato de Lula não ter feito o mesmo, pois, na ocasião, foram encontrados documentos comprometedores na casa do ex-presidente, em São Bernardo do Campo, e no sítio em Atibaia.

Curtas

 

Praça dos Advogados precisa de acessibilidade

O vereador José Carlos Porsani (PSDB) esteve na Praça dos Advogados, na Vila Harmonia, nesta semana, fazendo a denúncia de falta de rampas de acessibilidade.

O parlamentar encaminhou uma indicação ao Executivo após ser procurado por uma cadeirante que questionou a ausência de acesso. Segundo Porsani, diversas pessoas frequentam o local para prática de exercícios físicos ou para esperar o atendimento da clínica de oftalmologia.

No local, Iago Ruan Santos Saraiva, funcionário da banca instalada na praça, ressaltou que “vários cadeirantes passam pela praça diariamente e a falta de rampas traz dificuldades para que possam subir na calçada”.

Porsani ainda destacou que a ausência de acesso pode trazer riscos às pessoas.

Vazamento de esgoto causa preocupação

O vereador Rafael de Angeli (PSDB) recebeu a reclamação de uma moradora do Jardim Iguatemi sobre um vazamento de esgoto que está ocorrendo no Centro de Educação e Recreação (CER) “Profª Maria José Pahin da Porciúncula”.

O parlamentar contatou a escola, que relatou que o esgoto faz parte da cozinha e que já acionou o Departamento Autônomo de Água e Esgotos (Daae) para solucionar o problema. Angeli, então, orientou a moradora a entrar em contato com seu gabinete, caso a autarquia não resolva a questão rapidamente, para que ele possa cobrar uma atitude junto ao órgão.

“Estamos em plena campanha contra a dengue, Araraquara em meio a uma epidemia, portanto não podemos deixar esse esgoto vazando para a rua e gerando poças de água, principalmente nos arredores de uma escola, a qual centenas de crianças frequentam diariamente”, ressaltou o parlamentar.

Projeto de Polo Acadêmico é analisado na Câmara

Um Polo Acadêmico de Ensino Superior à Distância, que reúne a Universidade de São Paulo – USP, Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” – UNESP, Centro Paula Souza e Fundação Padre Anchieta. Há um polo destes em Araraquara, com parceria da Prefeitura. Um crédito de recursos financeiros, no valor de R$ 185 mil, para locação de computadores e impressoras, além de aquisição de insumos e mobiliários, começou a ser discutido pelos vereadores da Câmara Municipal de Araraquara, em reuniões que se iniciaram na manhã dessa sexta-feira (8). Estudar para entender a finalidade das propostas e seus resultados. Esta é a finalidade destes encontros, e de outros, que ocorrem na sequência, em comissões que avaliam aspectos técnicos, jurídicos e econômicos de todos os projetos apresentados na Câmara Municipal de Araraquara, antes de serem levados para votação em Plenário.

Conforme os estudos e avaliações deste e de outros projetos são concluídos, eles são liberados para votação em Plenário.

Últimos Vídeos

Loading...

Charge do Dia

Publicidade

Publicidade

Arquivos