Selecione a página

Quebra Queixo

USF do Ieda visitada – Hoje acontece a 1ª sessão do ano na Câmara

USF do Ieda visitada

Atendendo a quase duas mil famílias, a Unidade de Saúde da Família (USF) “Dr. Nicolino Lia”, no Jardim Iedda, foi local de mais uma visita de fiscalização do vereador Rafael de Angeli (PSDB) na tarde dessa segunda-feira (29).

O parlamentar foi recebido pelo agente comunitário de saúde Lúcio Lourenço, que falou sobre a falta de profissionais, principalmente de técnicos em enfermagem. “Precisaríamos de pelo menos mais dois. Temos quatro, mas quando um sai de férias, fica complicado. Além disso, um deles atua apenas meio período, já que é emprestado de outra unidade”, explicou.

A USF também precisa de médicos, já que conta com apenas dois, e o da equipe 2 tem ficado sobrecarregado, pois tem muita demanda no período. O agente acredita que mais um ou dois profissionais resolveriam. Mais um agente comunitário de saúde auxiliaria também no trabalho.

Outro problema notado na unidade foi com relação ao compressor de inalação que não funciona, no entanto, há um novo que chegou à unidade há quase dois anos, mas ainda não foi instalado, pois o posto tem sofrido com problemas de segurança e já foi invadido algumas vezes.

Lourenço informou ainda que não há retirada de remédios na farmácia da USF, pois não tem uma farmacêutica fixa.

Funcionários da unidade entendem que há a necessidade de um novo concurso público para os postos de saúde. “Precisamos de enfermeiros, técnicos, dentistas… Muitos profissionais saem e não tem reposição, um tem que cobrir o outro em outra unidade”, afirmou uma servidora, que inclusive não pertencia à unidade, mas estava ajudando devido à falta de funcionários.

Angeli destacou a importância de fiscalizar mais uma unidade de saúde do município. “Nossa proposta é visitar as USFs para podermos ouvir os funcionários e levar as demandas à Secretaria de Saúde e à Prefeitura para que a população seja bem atendida”, finalizou.

Hoje acontece a 1ª sessão do ano na Câmara

Hoje (22), a partir das 18h, será realizada a primeira sessão ordinária de 2019 da Câmara Municipal de Araraquara. Esta será a primeira sessão presidida pelo vereador Tenente Santana (MDB) que foi eleito presidente para o biênio 2019-2020.

Entre os projetos que serão votados hoje está o Projeto da Prefeitura que cria, no município de Araraquara, o polo acadêmico de ensino superior a distância da Universidade Aberta do Brasil (UAB) e da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp).

Projeto da Prefeitura altera a Lei nº 9.166, de 25 de janeiro de 2018, que autoriza o Poder Executivo a realizar outorga de concessão para implantação e operação dos serviços de remoção, depósito e guarda de veículos, em virtude de infrações às normas de trânsito e às posturas municipais. Acompanham três emendas de autoria da Comissão de Justiça, Legislação e Redação.

Projeto da Prefeitura dispõe sobre o serviço especial de transporte individual de passageiros em veículos de aluguel – táxis adaptados para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.

Projeto da Prefeitura reformula o Conselho de Usuários de Transporte Coletivo no Município de Araraquara.

Também será votado o parecer da Comissão de Justiça, Legislação e Redação manifestando-se pela inconstitucionalidade do Projeto de Lei nº 286/2018, de autoria do vereador Zé Luiz (Zé Macaco), que permite o transporte de animais domésticos no sistema de transporte público coletivo do município de Araraquara.

Créditos – A Prefeitura pede autorização dos vereadores para abertura de créditos no orçamento que totalizam cerca de R$ 12,2 milhões, sendo pouco mais de R$ 11 milhões para o Departamento Autônomo de Água e Esgotos (Daae).

O valor de R$ 5.785.000,00 é para realização de licitação para contratação de serviços especializados em manutenção de áreas verdes dos próprios e logradouros públicos do município de Araraquara e prestação de serviço de ligação de água e esgoto; R$ 150 mil são para atender despesas decorrentes da contratação de estagiários no âmbito do Programa Jovem Cidadão; R$ 600 mil são para atender à execução do remanejamento parcial da adutora de recalque de água bruta da Captação das Cruzes; e R$ 4.640.392,90 são para realizar a ampliação do Sistema de Captação, Distribuição, Reservação de Água e Redes na área urbana de Araraquara, com recursos provenientes do contrato de financiamento do Programa Saneamento para Todos.

O montante de R$ 797.651,77 é para a concessão, no corrente exercício, de subvenções sociais às entidades de assistência social, destinadas à manutenção das mesmas, com despesas de custeio.

Já R$ 250 mil serão destinados ao fortalecimento das ações e serviços de assistência à saúde aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade