Selecione a página

Organização criminosa

Organização criminosa

Organização criminosa

Em documento apresentado nessa segunda-feira (9) com denúncia ao “quadrilhão do MDB“, o Ministério Público Federal afirmou que o coronel aposentado da Polícia Militar João Batista Lima Filho tinha, na suposta organização criminosa, o papel de auxiliar políticos na arrecadação de propina. Em especial o presidente Michel Temer.

A denúncia foi entregue pelo MPF à Justiça Federal de Brasília e aceito na segunda. Com isso, amigos próximos de Temer, o coronel Lima e o advogado José Yunes, se tornaram réus por supostamente integrarem uma organização criminosa.

“Seu papel na organização criminosa era o de auxiliar os demais integrantes do núcleo político na arrecadação da propina, em especial seu líder, Michel Temer, conforme já narrado na peça acusatória”, diz o MPF no documento.

Hora do mineirinho

“E quando vai chegar a vez do Aécio?”

Petistas que entoaram o mantra nas últimas semanas podem se acalmar: o STF marcou para dia 17 a sessão da Primeira Turma que decidirá se o ex-presidente do PSDB e ex-candidato tucano ao Planalto vai se tornar réu.

O mais provável é que a Turma, composta por Alexandre de Moraes, Marco Aurélio Mello, Luiz Fux, Luis Barroso e Rosa Weber acolha a denúncia e torne o mineiro réu sob as acusações de corrupção e organização criminosa. Vamos esperar para ver.

Ladrões sem remorso

O ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso disse que as transformações produzidas pelo combate à corrupção no Brasil enfrentam a reação dos que não querem ser punidos e também “dos que não querem ser honestos nem daqui pra frente”. O ministro fez uma palestra na abertura do 7º Encontro de Resseguros do Rio de Janeiro e avaliou que o Brasil vive uma cultura da desonestidade, em que parte dos políticos, empresários e burocratas firmou um “pacto oligárquico de saque ao Estado”.

Água gelada

A Responsável pela execução da pena do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a juíza Carolina Lebbos autorizou a montagem de aparelhos de ginástica em uma área contígua à cela onde o presidente petista está confinado. O ex-presidente também terá direito à água gelada. Os dois pedidos foram feitos pelos advogados de Lula em atendimento à recomendação dos médicos. Hipertenso, Lula precisa se exercitar, segundo o argumento dos médicos. A informação foi repassada pelo delegado Igor Romário de Paula à comitiva de governadores, após tentativa frustrada de visita ao ex-presidente. Segundo governadores, foi uma tentativa de mostrar boa vontade em relação aos cuidados médicos solicitados pela defesa do ex-presidente. Constrangido, o delegado chegou a dizer que, por ele, Lula poderia se reunir ali mesmo com os governantes. Será que o delegado constrangido também vai deixar entrar pinga e cerveja?

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade