Selecione a página

O pai da dívida

Ainda ecoa nos cafés da cidade a dívida astronômica em que a prefeitura de Araraquara está metida.

O pai da dívida
Ainda ecoa nos cafés da cidade a dívida astronômica em que a prefeitura de Araraquara está metida. Uns puxam a sardinha para Barbieri outros para Edinho, mas há unanimidade em afirmar que “quem colocou o trem nos trilhos que breque. Afinal a população não aguenta mais, o poder público arrancando-lhe a carteira.

Refrescando a memória

O vereador Edio Lopes (PT) ocupou seu espaço de pequeno expediente em 19  de Setembro 2017, na sessão da Câmara, para denunciar o que denominou de “manobra para matar no ninho” um pedido de instauração de CEI – Comissão Especial de Investigação para apurar possíveis pedaladas fiscais cometidas pelo ex-prefeito Marcelo Barbieri. Ao que consta, nem mesmo seus companheiros de bancada assinaram o pedido. Estranho ou incoerente?

Dados alarmantes

O principal foco do COMCEDIR (Conselho Municipal de Combate à Discriminação e Racismo) é reativar a linha SOS Racismo, além de promover uma ligação com o Judiciário Municipal, para que denúncias de atos discriminatórios ou racistas sejam julgadas o mais breve possível. Essa informação é da conselheira Érica Alexandre, representante do Conselho, que compôs a mesa de debate sob o tema “Feminicídio e o Infeliz Protagonismo da Mulher Negra”, na última segunda-feira (16).

Ela destacou dados alarmantes como os que apontam que 57% de mulheres brasileiras já sofreram algum tipo de violência, 74% delas são pardas e negras (Data Senado 2017). E ainda segundo o Atlas da Violência (2017), 65,3% das mulheres assassinadas no Brasil são negras.
Esses dados deixam claro que enquanto uma mulher branca luta contra o machismo, a mulher negra luta contra o machismo, o preconceito e o racismo.

Crazy Hoffmann

A Procuradoria-Geral da República (PGR) abriu um procedimento para avaliar pedidos de investigação sobre as declarações da senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), que pediu o apoio do mundo árabe ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT-SP) em vídeo divulgado nessa terça-feira. Na gravação, a presidente nacional do PT afirma que Lula é um “preso político” e convida “todos e todas” a se juntarem à luta pela liberdade do petista, condenado a 12 anos e um mês.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade