Select Page

Advertisement

Militares corruptos



O Ministério Público Militar no Rio de Janeiro (MPM-RJ) denunciou 11 pessoas, entre militares e civis, pelos crimes de estelionato e violação do dever funcional com fim de lucro. O esquema de fraudes e pagamento de propina teria causado um prejuízo de mais de R$ 150 milhões aos cofres públicos. Bom começo Sou candidato O […]

Publicidade

Advertisement

O Ministério Público Militar no Rio de Janeiro (MPM-RJ) denunciou 11 pessoas, entre militares e civis, pelos crimes de estelionato e violação do dever funcional com fim de lucro. O esquema de fraudes e pagamento de propina teria causado um prejuízo de mais de R$ 150 milhões aos cofres públicos.

Entre os denunciados estão três coronéis da reserva, um coronel e dois majores da ativa, além de cinco civis. Eles são suspeitos de envolvimento em fraudes em procedimentos de dispensa de licitação e em contratos celebrados entre o Departamento de Engenharia e Construção do Exército e fundações privadas, entre elas, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). As fraudes teriam ocorrido entre setembro de 2005 e dezembro de 2010. Tá vendo Bolsonaro, os militares também são corruptos – apesar de não ser novidade.

Bom começo

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), afirmou nessa terça-feira (5) que avalia como “um bom começo” o resultado da pesquisa Datafolha divulgada no final de semana sobre a corrida eleitoral para a Presidência. “Você, sem ser candidato, ter entre 6% é 12%, dependendo do cenário, é um bom começo”, afirmou o tucano ao lado do prefeito João Doria (PSDB), com quem inaugurou um conjunto habitacional em Heliópolis.

Sou candidato

A caravana Lula Pelo Brasil desembarca no estado do Rio de Janeiro, hoje (6), tendo como primeiro destino a cidade de Campos dos Goytacazes.

O ex-presidente vai visitar o Polo Avançado do Instituto Federal Fluminense, fruto dos programas de interiorização e expansão dos campi universitários e institutos federais. Depois, ele segue para Maricá, quando participa de um ato na Praça da Igreja da Matriz.

Durante sua passagem por Vitória (ES), Lula tentou minimizar a ameaça de ser barrado pela Justiça e não concorrer à Presidência, nas eleições do próximo ano.

“Não fiquem com essa bobagem de que o Lula não vai ser candidato. Vou ser candidato e vou ganhar as eleições”, disse o petista.

Gilmar pede vista

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes pediu vista do processo no qual a defesa pretende garantir a soltura do empresário Wesley Batista, um dos donos do grupo J&F. Não há data para a retomada do julgamento. O acusado está preso preventivamente em São Paulo desde setembro.

O pedido de mais tempo para analisar o caso foi feito pelo ministro quando o julgamento contava com dois votos para negar as solicitações dos advogados. Antes da suspensão, o relator do caso, Edson Fachin, e Dias Toffoli, votaram por negar pedido para remeter a investigação à Corte e revogar a prisão do empresário.

Santo nas alturas

Um dia depois de João Pedro Gebran terminar seu voto no TRF-4, Lula voltou a desafiar a Justiça, o Ministério Público e a PF a apresentarem provas de que ele seja corrupto.

“Ninguém prendeu mais servidor público do que nós. Ninguém deu mais independência para o Ministério Público e fez mais investimento na inteligência da Polícia Federal do que nós. Quem aperfeiçoou o Coaf e criou a Controladoria-Geral da República fomos nós. Porque, em nossa opinião, ladrão tem que ir para a cadeia”, disse Lula.

Últimos Vídeos

Loading...

Charge do Dia

  • Prestações

Arquivos