Selecione a página

Metadinha petista

Metadinha petista
Duque contou que, na negociação das sondas, João Vaccari perguntou a Pedro Barusco como estava a questão da participação das empresas no “dinheiro ilícito”. Barusco teria dito que tinha fechado com todos os estaleiros uma participação de 1% (de propina) no valor dos contratos, à exceção dos estaleiros Kepper e Jurong, que teriam acertado percentual de 0,9%. Na conversa, Barusco teria proposto a divisão meio a meio — metade para “Casa” (os executivos da Sete Brasil e da Petrobras), e metade para o PT.

Petralhas
Os contratos de sondas para exploração do pré-sal renderam ao PT cerca de US$ 133 milhões em propina, segundo calculou o ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque. Esse valor, segundo ele, seria dividido entre o partido, o ex-ministro José Dirceu e o ex-presidente Lula, cuja parcela seria gerenciada pelo ex-ministro Antonio Palocci. Em depoimento ao juiz Sergio Moro na sexta-feira, Duque disse ter feito, na época, uma planilha para justamente calcular quanto ele e os petistas receberiam de propina dos estaleiros responsáveis pelo fornecimento de sondas para a Petrobras. Agora cabe a ele provar as acusações.

Abraço camarada
Solto por decisão da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) na última quarta-feira, o ex-ministro José Dirceu foi ovacionado por militantes do PT na abertura da etapa paulista do 6º congresso do partido, na noite dessa sexta-feira (5), em São Paulo.
Diante do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que estava sentado na mesa principal, o presidente do Diretório Estadual da legenda, Emídio de Souza, na fala de abertura, disse que gostaria de mandar uma saudação para um companheiro que não podendo estar aqui por limitação da Justiça, está nos assistindo pela internet.
“Um abraço, companheiro José Dirceu de Oliveira e Silva”, disse Lula.

BB na frente
O Banco do Brasil liderou as reclamações entre clientes no primeiro trimestre deste ano, segundo ranking divulgado nessa sexta-feira (5) pelo Banco Central (BC). Em segundo lugar está o Bradesco e, em terceiro, a Caixa Econômica Federal. O ranking levou em conta os bancos com mais de quatro milhões de clientes.
Os principais motivos de reclamação de bancos nos três primeiros meses do ano foram irregularidades relativas à segurança, sigilo ou legitimidade das operações (a maior quantidade de reclamações nesse quesito foi direcionada à Caixa), oferta ou prestação de informação inadequada (liderada pelo Bradesco) e débito em conta não autorizado pelo cliente (o mais reclamado foi o Banco do Brasil).

Dinheiro falso
Internauta tenta vender notas falsas através da internet. A venda foi feita em uma página do Facebook da vizinha São Carlos. Em uma das postagens, o homem anuncia uma ‘promoção’ com tabela com valores das notas falsas de R$ 50 e R$ 100 e são colocadas dentro em caixa dos Correios. Ele ainda explica que elas são feitas com papel moeda, tem marca d´água, são ásperas e semelhantes às verdadeiras.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade