Select Page

Magdalena em São Paulo

O radialista José Carlos Magdalena, que aparece em primeiro lugar em pesquisa de intenção de votos encomendada pelo jornal O Imparcial, tanto para o cargo de deputado estadual como para federal, entre os pré-candidatos de Araraquara, foi visto no último final de semana em São Paulo, em um encontro com o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab (PSD).

Magdalena em São Paulo

O radialista José Carlos Magdalena, que aparece em primeiro lugar em pesquisa de intenção de votos encomendada pelo jornal O Imparcial, tanto para o cargo de deputado estadual como para federal, entre os pré-candidatos de Araraquara, foi visto no último final de semana em São Paulo, em um encontro com o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab (PSD).

A conversa entre os dois teve a participação de outro araraquarense, o ex-vice-prefeito Coca Ferraz. Coca, que hoje exerce um cargo na prefeitura de São Carlos, pode estar usando sua experiência na política para abrir portas para o ‘novato’.

Não vingou

O Ministério das Cidades informou que a norma que mudava as regras para a renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) será revogada.

Segundo a pasta, o objetivo da revogação é não alterar a vida de quem precisa renovar a carteira, além de “reduzir custos e facilitar a vida do brasileiro”.

Pela resolução, que entraria em vigor no próximo dia 5 de junho, os motoristas que fossem renovar a CNH precisariam fazer um curso teórico e uma prova, além do exame médico (atualmente obrigatório).

A resolução também previa que o motorista deveria fazer duas balizas para tirar a 1ª CNH e estabelecia que a carteira para moto passaria a exigir exames nas ruas.

Voz mais flexível

O Congresso Nacional está prestes a decidir o destino do tradicional programa de rádio “A Voz do Brasil”. O Projeto de Lei 595/03, que trata da flexibilização do horário de veiculação do programa, foi aprovado pela Câmara dos Deputados na semana passada. De acordo com o texto, a transmissão integral deverá ocorrer dentro do intervalo das 19h às 22h, de segunda a sexta-feira.

Agora, a matéria vai para a sanção do presidente da República, Michel Temer. A medida passará a ter vigência após a publicação no Diário Oficial da União. A Voz do Brasil foi criada em 1935. Três anos depois, passou a ser transmitido obrigatoriamente entre as 19h e as 20h, com exceção de sábado, domingo e feriados – contando somente com a divulgação dos atos do Poder Executivo. Além do Executivo, o programa transmite informações do Poder Judiciário, Senado e Câmara dos Deputados. A produção é da Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

Magdalena em São Paulo

O radialista José Carlos Magdalena, que aparece em primeiro lugar em pesquisa de intenção de votos encomendada pelo jornal O Imparcial, tanto para o cargo de deputado estadual como para federal, entre os pré-candidatos de Araraquara, foi visto no último final de semana em São Paulo, em um encontro com o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab (PSD).

A conversa entre os dois teve a participação de outro araraquarense, o ex-vice-prefeito Coca Ferraz. Coca, que hoje exerce um cargo na prefeitura de São Carlos, pode estar usando sua experiência na política para abrir portas para o ‘novato’.

Não vingou

O Ministério das Cidades informou que a norma que mudava as regras para a renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) será revogada.

Segundo a pasta, o objetivo da revogação é não alterar a vida de quem precisa renovar a carteira, além de “reduzir custos e facilitar a vida do brasileiro”.

Pela resolução, que entraria em vigor no próximo dia 5 de junho, os motoristas que fossem renovar a CNH precisariam fazer um curso teórico e uma prova, além do exame médico (atualmente obrigatório).

A resolução também previa que o motorista deveria fazer duas balizas para tirar a 1ª CNH e estabelecia que a carteira para moto passaria a exigir exames nas ruas.

Voz mais flexível

O Congresso Nacional está prestes a decidir o destino do tradicional programa de rádio “A Voz do Brasil”. O Projeto de Lei 595/03, que trata da flexibilização do horário de veiculação do programa, foi aprovado pela Câmara dos Deputados na semana passada. De acordo com o texto, a transmissão integral deverá ocorrer dentro do intervalo das 19h às 22h, de segunda a sexta-feira.

Agora, a matéria vai para a sanção do presidente da República, Michel Temer. A medida passará a ter vigência após a publicação no Diário Oficial da União. A Voz do Brasil foi criada em 1935. Três anos depois, passou a ser transmitido obrigatoriamente entre as 19h e as 20h, com exceção de sábado, domingo e feriados – contando somente com a divulgação dos atos do Poder Executivo. Além do Executivo, o programa transmite informações do Poder Judiciário, Senado e Câmara dos Deputados. A produção é da Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

Últimos Vídeos

Loading...

Arquivos