Select Page

Lula preparado



Lula preparado O ex-presidente Lula é o pré-candidato ao Planalto mais preparado para acelerar o crescimento da economia do país, avalia o eleitor brasileiro. Segundo pesquisa Datafolha, 32% dos entrevistados citaram o petista como o melhor nome para desempenhar essa missão. O resultado da pesquisa é bastante similar ao quadro geral de intenção de voto […]

Lula preparado

O ex-presidente Lula é o pré-candidato ao Planalto mais preparado para acelerar o crescimento da economia do país, avalia o eleitor brasileiro. Segundo pesquisa Datafolha, 32% dos entrevistados citaram o petista como o melhor nome para desempenhar essa missão.

O resultado da pesquisa é bastante similar ao quadro geral de intenção de voto do eleitor, com o ex-presidente sendo seguido pelo deputado Jair Bolsonaro (PSL), com 15%, e Marina Silva (Rede), 8%.

 

Caminho fácil

Em defesa apresentada ao STF (Supremo Tribunal Federal) nessa quinta (21), o deputado e presidenciável Jair Bolsonaro (PSL-RJ) afirmou que a Procuradoria-Geral da República tirou frases suas de contexto para denunciá-lo sob acusação de crime de racismo.

Também afirmou que, em vez de dirimir as dúvidas sobre sua conduta por meio de uma investigação, a PGR “preferiu o caminho fácil de ofertar denúncia, com certo oportunismo diante da campanha eleitoral que se avizinhava”.

Investigação arquivada

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), acatou a recomendação da Procuradoria-Geral da República (PGR) e arquivou investigação sobre um manuscrito encontrado no gabinete do senador Ciro Nogueira, alvo de mandados de busca e apreensão, no mês de abril, por suspeita de obstrução de justiça.
No material confiscado pela Polícia Federal (PF), aparecia o nome do presidente Michel Temer. “Fundo 1.000 Imp 200 RT 200 2 Temer 300 300”, estava escrito no manuscrito. No entanto, Fachin considerou que não há provas suficientes para dar continuidade ao processo, já que não se sabe o que os números significam.

Briga de robôs

Uma equipe de engenheiros brasileiros venceu o Clash Bots, um campeonato internacional de lutas de robôs, realizado na China. O torneio é um reality show transmitido pela plataforma de vídeos online iQiyi, que tem uma base de 500 milhões de assinantes. Para ganhar o prêmio de R$ 400 mil, o grupo disputou com outros 34 robôs, sendo 21 chineses, além de competidores da Inglaterra, Estados Unidos, Índia e Rússia.

O Dark Wolf, robô brasileiro, participou de 14 lutas no total. Um dos membros da equipe, o engenheiro mecânico Murilo Marin, conta que o grupo tinha que se desdobrar para conseguir recuperar a máquina dos danos sofridos após cada duelo em tempo para a etapa seguinte.

Últimos Vídeos

Loading...

Charge do Dia

Publicidade

Arquivos