Select Page

Guerra à vista

A Coreia do Norte realizou nessa terça-feira (28), um teste com mísseis balísticos, confirmado pelos governos dos Estados Unidos, Coreia do Sul e Japão, que atingiu a zona exclusiva econômica do Japão no Oceano Pacífico, território além das águas territoriais japonesas que pode ser explorado pelo país.

O Ministério da Defesa do Japão informou à rede de TV NHKque o projétil voou por 50 minutos antes de cair no mar. Em resposta, o gabinete do premiê Shinzo Abe convocou uma reunião de emergência e protestou nos mais firmes termos contra o lançamento. O governo americano disse não ter detalhes sobre as características do míssil.

Todos criminosos

A Polícia Federal afirmou em relatório enviado ao STF (Supremo Tribunal Federal) que há suficientes indícios de que Geddel Vieira Lima, seu irmão, Lúcio Vieira Lima, e a mãe dos irmãos, Marluce Vieira Lima, cometeram os crimes de associação criminosa e lavagem de dinheiro. Novidade.

Planilha do sítio

O Ministério Público Federal apresentou ao juiz Sérgio Moro uma planilha fornecida por Emyr Costa Junior, engenheiro da Odebrecht e colaborador. O documento, segundo o delator, demonstraria o empenho de R$ 700 mil na compra de materiais e serviços relativos à reforma do sítio em Atibaia (SP). No processo que envolve o sítio, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é acusado de corrupção e lavagem de dinheiro.

Mosquitos do capeta

O Ministério da Saúde divulgou nessa terça-feira (28) o Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRa). O indicador aponta que 357 cidades estão em situação de risco para a ocorrência de dengue, zika e chikungunya, pois nelas mais de 9% dos imóveis visitados continham larvas do mosquito. Já 1.139 municípios estão em situação de alerta. Isso significa que entre 1% e 3,9% dos imóveis locais tinham larvas. E 2.450 municípios foram classificados como satisfatórios por apresentarem percentual menor de 1% para presença de larvas.

Operação Chequinho

Considerado foragido desde a última sexta-feira (24), o presidente nacional do PR e ex-ministro dos Transportes Antônio Carlos Rodrigues se apresentou ontem (28) à Polícia Federal em Brasília.

Ele teve a prisão decretada em meio à Operação Chequinho, deflagrada na última quarta-feira (22), que também resultou nas prisões dos ex-governadores do Rio de Janeiro Anthony Garotinho e Rosinha Matheus.

Os três são acusados dos crimes de corrupção, concussão, participação em organização criminosa e falsidade na prestação das contas eleitorais.


Últimos Vídeos

Loading...

Arquivos