Select Page

Conta outra



Conta outra O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) enviou aos petistas um manifesto, em que se diz injustiçado e inconformado com a crise enfrentada pelo país. A mensagem foi endereçada aos cerca de dois mil militantes que participaram de ato de lançamento de sua pré-candidatura nessa sexta (8) em Contagem (MG). No texto, […]

Conta outra

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) enviou aos petistas um manifesto, em que se diz injustiçado e inconformado com a crise enfrentada pelo país. A mensagem foi endereçada aos cerca de dois mil militantes que participaram de ato de lançamento de sua pré-candidatura nessa sexta (8) em Contagem (MG). No texto, Lula afirma ainda que levará sua campanha às últimas consequências e que não governará para o mercado.

“Não posso me conformar com o sofrimento dos mais pobres e o castigo que está se abatendo sobre a nossa classe trabalhadora, assim como não me conformo com minha situação”, escreveu o ex-presidente. Será que os pobres são o Zé Dirceu e o Palocci?

Padre tarado

A Santa Sé anunciou nesse sábado que um padre, que foi assessor na embaixada do Vaticano em Washington, será processado por posse e troca de pornografia infantil.

O padre Carlo Alberto Capella será submetido a julgamento, cuja primeira audiência ocorrerá em 22 de junho, segundo a Santa Sé em um comunicado.

Capella, de cerca de 50 anos, e de nacionalidade italiana, que ocupou seu cargo até o ano passado, foi convocado em setembro passado pelo Vaticano, que anunciou a abertura de uma investigação sobre o assunto.

O Departamento de Estado americano havia alertado diplomaticamente em 21 de agosto o Vaticano sobre uma possível violação das leis sobre imagens de pornografia infantil por um membro de seu corpo diplomático em Washington.

Celular assassino

Um estudante de 16 anos morreu eletrocutado ao atender o celular enquanto o aparelho estava sendo carregado em um computador de uma escola de Tianguá, no noroeste do Ceará, nessa quinta-feira (7).

Yago Aguiar Mendes era aluno do 2º ano do ensino médio do Colégio Santa Maria e assistia a uma aula de Informática quando sofreu a descarga elétrica. O adolescente chegou a ser socorrido e levado ao Hospital Maternidade Madalena Nunes, mas não resistiu ao choque e morreu.

19 taças

Maria Esther Bueno, maior tenista brasileira da história, morreu nessa sexta-feira (8), aos 78 anos, em São Paulo. Ela estava internada no Hospital 9 de Julho desde maio (o dia exato não foi informado pela instituição), devido a um câncer na boca. A informação foi confirmada pelo sobrinho de Bueno, Pedro, ao SporTV, canal no qual ela era comentarista. Maria Esther nasceu em São Paulo em 11 de outubro de 1939 e começou a jogar no Clube de Regatas Tietê.

Somente em torneios do Grand Slam, ela conquistou 19 taças, entre simples, duplas e duplas mistas. Foi considerada a melhor do mundo em 1959, 1960, 1964 e 1966, numa época em que não existia o ranking.

Pena por leitura

Especialistas em direito classificaram como inconstitucional o projeto de lei aprovado na Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo) esta semana que estabeleceu a possibilidade de diminuição da pena para presos pela leitura da Bíblia Hoje, por uma resolução de 2012 do Depen (Departamento Penitenciário Nacional), os presos podem abater até 48 dias da pena por ano a partir da leitura e da resenha de livros. A leitura de um livro e a produção de uma resenha sobre a obra equivalem a quatro dias de remição da pena. É possível fazer isso uma vez por mês. Segundo o documento, a participação do preso é voluntária, e a obra precisa ser do tipo “literária, clássica, científica ou filosófica, dentre outras”. Porém, a escolha do livro varia de acordo com disponibilidade na unidade prisional. O que os deputados fizeram agora foi derrubar o veto do ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB) a um projeto de lei que, aprovado na Alesp no fim de 2017, especificava a Bíblia, livro sagrado do cristianismo, como uma das leituras possíveis para a remição dos apenados. Na avaliação jurídica do governo, legislar sobre execução de pena só cabe em instância federal, não estadual. Só não pode ler livro tipo Assalto ao Trem Pagador.

Últimos Vídeos

Loading...

Charge do Dia

Publicidade

Arquivos