Select Page

Advertisement

Ciro vaiado



Ciro vaiado O pré-candidato Ciro Gomes (PDT) se irritou diante de uma plateia de prefeitos e deixou o palco sob vaias no Congresso Mineiro de Municípios, em Belo Horizonte. Ciro considerou pouco o tempo de cinco minutos de fala e de três minutos para resposta concedidos no evento e perdeu a cabeça quando foi interrompido […]

Publicidade

Advertisement

Ciro vaiado

O pré-candidato Ciro Gomes (PDT) se irritou diante de uma plateia de prefeitos e deixou o palco sob vaias no Congresso Mineiro de Municípios, em Belo Horizonte.

Ciro considerou pouco o tempo de cinco minutos de fala e de três minutos para resposta concedidos no evento e perdeu a cabeça quando foi interrompido após a primeira pergunta. O formato é o mesmo para os sete pré-candidatos que participarão do evento.

A segunda pergunta, feita em seguida, era semelhante, e ele se indignou, pois foi interrompido ao falar sobre aquele assunto.

“Eu estava respondendo e fui interrompido na resposta para em seguida me perguntarem a mesma coisa. Vocês acham isso razoável?”, questionou.

Lula e os caças

O juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal de Brasília, negou ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva adiar seu interrogatório. O depoimento, no âmbito da Operação Zelotes, está marcado para amanhã (21).

O petista é investigado por supostas negociações irregulares que levaram à compra de 36 caças do modelo Gripen, da Suécia, pelo governo brasileiro e à prorrogação de incentivos fiscais destinados a montadoras de veículos por meio da Medida Provisória 627.

Bolsonaro e o cabelo

Entre uma tesourada e outra, o pré-candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) deu recados sobre economia, relação com o Congresso e direitos indígenas enquanto cortava o cabelo nessa terça-feira (19). A cena, uma espécie de comício virtual do deputado, foi exibida ao vivo na página dele no Facebook durante 35 minutos.

Sentado, com semblante sério, mãos entrelaçadas no meio das pernas e franja penteada para frente, o presidenciável anunciou visitas a cidades do Nordeste nos próximos dias e reclamou de ataques à sua campanha.

“Nós temos um objetivo pela frente, que é tentar mudar o destino do Brasil. Estão todos contra a gente! A esquerda de um lado e depois o tal do centrão do outro lado. Parece que eles não engolem a possibilidade de ter alguém diferente na política”, disse Bolsonaro.

Ciro na frente

Pesquisa Datafolha sobre as intenções de voto na corrida presidencial de outubro, divulgada nessa semana, revela que, nas simulações para um eventual segundo turno sem a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o ex-ministro Ciro Gomes (PDT), considerando a margem de erro da pesquisa de 2 pontos porcentuais para mais ou para menos, aparece em situação de empate técnico, com 36% dos votos, contra o deputado federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ) (34%). Lula está preso em Curitiba desde abril.

Mesma situação de empate aparece contra o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB), quadro em que o pedetista tem 32% e o tucano, 31%. Ciro venceria, com 38%, o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT), que teria 19%.

Últimos Vídeos

Loading...

Charge do Dia

  • Contas a pagar

Arquivos