Selecione a página

Buxixo da carroça

Medida sifilítica O ministro da Saúde, Ricardo Barros, confirmou hoje (4), em São Paulo, que o governo está elaborando medida provisória (MP) para permitir que, em casos emergenciais como calamidades e epidemias, os preços dos medicamentos sejam elevados.De acordo com Barros, a medida está sendo tomada principalmente devido aos aumentos dos casos de sífilis no […]

Buxixo da carroça
A Lei, vereadores, carroceiros, burros, éguas e cavalos, um assunto complicado que impactou a última sessão da Câmara Municipal. Foi aprovado por unanimidade em primeira votação o projeto de lei que proíbe o uso de animais em carroças.
A decisão da Câmara, no entanto, pode esbarrar no Ministério Público, que vê inconstitucionalidade no texto.
Em entrevista ao Jornal da Morada de ontem (4), o promotor Raul de Mello Franco afirmou que a proibição de tração animal extrapola a competência legislativa municipal. “O Código Brasileiro de Trânsito, que é lei federal, regula o uso de carroças e charretes no meio urbano, portanto, não cabe ao município determinar uma proibição que anule essa lei federal”, disse.

Medida sifilítica
O ministro da Saúde, Ricardo Barros, confirmou hoje (4), em São Paulo, que o governo está elaborando medida provisória (MP) para permitir que, em casos emergenciais como calamidades e epidemias, os preços dos medicamentos sejam elevados.
De acordo com Barros, a medida está sendo tomada principalmente devido aos aumentos dos casos de sífilis no país. Atualmente, o medicamento utilizado no tratamento da doença, a penicilina benzatina, é importado e o governo não tem conseguido comprar quantidades suficientes para atender a demanda.

Na conta do João
A cidade de São Paulo é a capital mais endividada do país, segundo dados divulgados ontem (4) pelo Tesouro Nacional. O balanço faz parte do Boletim de Finanças dos Entes Subnacionais , que traz informações fiscais e individualizadas dos 146 municípios brasileiros com mais de 200 mil até 2015. No último dia 20, o Tesouro Nacional já tinha publicado parte do documento, com dados dos estados e do Distrito Federal, para mostrar o grau de dificuldade dos estados e a necessidade de reformas estruturais.
No documento, São Paulo aparece com um índice de endividamento de 204,3%. Em seguida, vem o Rio de Janeiro, com 87,73%. O Haddad fala que pagou as dívidas, o Tesouro Nacional diz que não. Pelo sim pelo não, bota na conta do João Doria.

Mulheres
Na hora de decidir sobre uma promoção aos empregados ou escolher aquele que irá ocupar um cargo de liderança, as empresas ainda dão preferência aos homens. Pesquisa feita pela Câmara Americana de Comércio (Amcham) com 350 diretores e executivos de empresas mostra que para 76% dos consultados existe desigualdade de tratamento entre homens e mulheres na estrutura organizacional.
Renan na parada
As delações de Sérgio Cunha Mendes, ex-vice-presidente da Mendes Júnior, e de outros executivos da empreiteira deverão reforçar a denúncia de que o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) usou dinheiro da empresa para pagar pensão alimentícia a Mônica Veloso, jornalista com quem o senador tem uma filha de uma relação extraconjugal. Em acordo que vem sendo negociado, Mendes se dispõe a esclarecer o caso que levou Renan a renunciar à presidência do Senado e a quase perder o mandato em 2007, segundo disse ao GLOBO uma fonte que acompanha as investigação.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade