Selecione a página

Aécio sem condições

Aécio sem condições
Um dia depois de o plenário do Senado ter decidido devolver o mandato parlamentar de Aécio Neves (PSDB-MG), o senador Tasso Jereissati (CE) , presidente interino do PSDB, defendeu que o mineiro renuncie à presidência do partido.
“Acho que ele não tem condições, dentro da circunstância que está de ficar como presidente do partido. E nós precisamos ter uma solução definitiva e não provisória”, disse Tasso.

Operação Unfair Play
O Ministério Público Federal no Rio de Janeiro apresentou denúncia contra os envolvidos em suposto esquema de compra de votos para que o Rio de Janeiro fosse escolhido como sede dos Jogos Olímpicos Rio 2016. A organização foi investigada em cooperação internacional que resultou na Operação Unfair Play, deflagrada no dia 5 de setembro.
Foram denunciados por corrupção o ex-presidente do Comitê Olímpico do Brasil (COB) Carlos Arthur Nuzman; o ex-diretor de operações e marketing do COB Leonardo Gryner; o ex-governador Sérgio Cabral, o empresário Arthur Soares e os senegaleses Papa Massata Diack e Lamine Diack. Gryner e Nuzman também foram denunciados por organização criminosa e Nuzman responderá, ainda, por lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

Lista suja
Os auditores que fiscalizam o trabalho escravo, funcionários do Ministério do Trabalho, decidiram paralisar suas atividades em 13 Estados. A manifestação ocorre em resposta a uma portaria editada pelo Ministério do Trabalho e publicada nessa segunda-feira (16), que traz regras que dificultam o acesso à chamada
“lista suja” de empregadores flagrados por trabalho escravo no país.

Livre e solto
Depois de passar pelos nove Estados do Nordeste, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) retomará a chamada “Caravana Lula pelo Brasil” na próxima segunda-feira (23), em Ipatinga (MG). O roteiro do ex-presidente inclui 12 cidades de Minas Gerais ao longo de oito dias. O encerramento será em Belo Horizonte, em um ato na Praça da Estação, no dia 30 de outubro. O petista está em dúvida se depois da campanha pretende descansar no seu triplex no Guarujá ou no sítio de Atibaia – o Jararaca não é fraco.

Boteco do Temer
O governo avalia mudar o comando do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), atualmente presidido por Paulo Rabello de Castro, como uma forma de tentar agradar ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Nos dias que antecederam a votação da segunda denúncia contra Michel Temer na Casa, por obstrução da Justiça e organização criminosa, Maia demonstrou mal-estar com o Palácio do Planalto e buscou se descolar do governo, com foco na disputa
eleitoral de 2018. O balcão de negócios continua e ninguém faz nada.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade