Select Page

Walter Miranda cobra vereadores, referente a Sinai

Walter Miranda criticou vereadores no caso Sinai ontem na CâmaraTEXTO E FOTO
JOSÉ AC SILVA

Na sessão da Câmara de ontem Walter Miranda fez uso da tribuna popular em relação ao caso Sinai, tendo a construtora várias obras abandonadas no centro do Estado, como em Araraquara.

Logo no início da sua fala protestou: “não dá mais para separar o Legislativo do Executivo, parece que virou uma coisa só”, afirmou Miranda. “Pedi junto à prefeitura 15 documentos, não como auditor fiscal, mas como cidadão que paga seus impostos, o prefeito Marcelo Barbieri sempre fala de transparência na sua administração, então quero ver tudo relativo à licitação. Não estou acusando, mas tenho vivência nesta área e já trabalhei em boa parte do Brasil como auditor fiscal. Este caso parece como muitos outros que verifiquei a atuação de laranjas, não estou sozinho neste caso, várias cidades foram afetadas pela Sinai, a Conlutas esta verificando a atuação da Sinai em Araras, Conchal, Ibaté e São Carlos. Como pode uma empresa que iniciou com relojoaria virar construtora da noite para o dia. Não sou contra a participação de pequenas empresas, tendo elas equipamentos e dinheiro suficientes para arcar com tudo aquilo que foi firmado na sua contratação para executar as obras”, finalizou Miranda.

O vereador Dr. Lapena citou que a Sinai pode ter sido usada para derrubar as outras concorrentes, como a Módulus, que acabou dando lugar a Sinai por ser de pequeno porte, tendo o favorecimento da lei, e recentemente a Módulus foi contratada para concluir as obras em Araraquara. O presidente da Câmara, o Boi, pediu que contratem os funcionários que estavam trabalhando nas obras que perderam seus empregos, quando as mesmas foram paralisadas.

João Farias e Márcia Lia se colocaram à disposição de Walter Miranda para obter os documentos junto à prefeitura.

Advertisement

Últimos Vídeos

Loading...

Arquivos