Selecione a página

Prefeitura prepara mutirão de combate à dengue

A Prefeitura retomará neste sábado (21) o programa Todos Juntos Contra o Aedes Aegypti, em parceria com a Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo. A ação prosseguirá até o dia 11 de novembro, sempre aos sábados. O mosquito é o vetor dos vírus da dengue, zika e chikungunya. Serão realizadas inspeções casa a […]

Durante ação serão feitas inspeções casa a casa e vistorias em terrenos e áreas públicas

A Prefeitura retomará neste sábado (21) o programa Todos Juntos Contra o Aedes Aegypti, em parceria com a Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo. A ação prosseguirá até o dia 11 de novembro, sempre aos sábados. O mosquito é o vetor dos vírus da dengue, zika e chikungunya.

A equipe de controle de vetores da Vigilância em Saúde (órgão da Secretaria Municipal da Saúde) concentrará os esforços em áreas em que há maior incidência de criadouros e casos da doença. O cronograma detalhado dos trabalhos está sendo finalizado pela Vigilância.

Serão realizadas inspeções casa a casa, vistorias de terrenos e área públicas, orientações à população, além de notificações e eliminação dos possíveis criadouros do mosquito.

De acordo com a coordenadora executiva de Vigilância em Saúde, Joice Nogueira Calera, com a proximidade do período chuvoso e as altas temperaturas que caracterizam os próximos meses, o momento é crucial para que a população redobre os cuidados para eliminar possíveis criadouros do mosquito.

“Basta um curto período de chuva para que milhares de ovos de Aedes aegypti que estavam resistindo em recipientes secos se transformem em larvas, dando origem a mosquitos aptos a transmitir a doença. Ao mesmo tempo, com as chuvas, aumenta a oferta de locais para as fêmeas do Aedes aegypti colocarem seus ovos”, explica.

A coordenadora destaca a importância de fazer da inspeção em casa um hábito semanal e de não jogar lixo a céu aberto. “É preciso ainda que a população colabore com as equipes da Vigilância, permitindo a entrada nas residências dos agentes de combate ao mosquito”, enfatiza.

Paralelamente ao mutirão, a Prefeitura realiza o trabalho de inspeção casa a casa durante a semana e faz vistorias rotineiras em pontos de grande concentração de pessoas, além de arrastões frequentes e ações pontuais de fiscalização mediante denúncia.

De janeiro até agora, Araraquara contabiliza 43 casos de dengue. Nenhuma confirmação de zika e chikungunya contraídos na cidade foi registrada no período.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade