Selecione a página

PMB já conseguiu cerca de 80% de assinaturas para formalizar sigla

Célia Pires

Integrantes do Partido Militar Brasileiro,PMB, em Araraquara, entre eles o presidente, Sandro Honorato,o vice, Desivaldo Miranda(Valdo) e o secretário geral, Francisco Castelucci(Chico) estiveram ontem na redação d’O Imparcial para falarem sobre a situação do partido.Honorato diz que o grande objetivo do partido que tem é ter acima de tudo valorizar a população. “Queremos ouvir a população. “ Queremos parar com aquela história de cima pra baixo como a gente vê até hoje na política”.Perguntados sobre se o militarismo no partido assustava um pouco as pessoas ressaltaram que é em razão de prezarem muito o patriotismo, o civismo, a ética, a moral e os bons costumes. “É isso que estamos tentar resgatar junto à população”.O presidente do partido em Araraquara ainda lembra que hoje o idealizador e fundador do partido Augusto Rosa é da ativa e não pode se filiar a um partido político. O partido está sendo constituído e como a rede não conseguiu a legenda para disputar as eleições os candidatos se dividiram em alguns partidos. “ Estimava de que 8 meio milhão de assinaturasDe acordo com as regras do Tribunal Superior Eleitoral para que os partidos possam lançar candidatos devem validar 492 mil assinaturas necessárias para a formalização de uma nova sigla.” Estamos numa situação parecida com o Rede. Já conseguimos cerca de 80% das assinaturas recolhidas.Nossa estimativa é ter mais de meio milhão”, ressalta Honorato que acrescenta que sobre apoiar algum candidato em Araraquara para as próximas eleições, o PMB já iniciou conversações com vários partidos tanto da situação quanto da oposição, mas ainda não tem nada definido, embora tenham propostas de alguns candidatos.

Últimos Vídeos

Carregando...

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade