Select Page

Advertisement

Onda laranja em Araraquara



José A C Silva Estiveram em Araraquara na última quarta-feira (14) lideranças do “Partido Novo”, onde deram entrevista à Rádio Jovem Pan e à Rádio Morada do Sol. Visitaram a Nigro e ficaram impressionados com o posicionamento da indústria de alumínio araraquarense em relação aos impostos abusivos praticados no Brasil. A onda laranja que se […]

Publicidade

Advertisement
O Novo, com características de esquerda liberal, lembra os posicionamentos de Raymond Aron, em relação às atribuições do Estado, a iniciativa privada e à crítica aos regimes de esquerda

José A C Silva

Pedro Tedde discursou como líder do partido em AraraquaraO publicitário Lineu de Assis e o empresário Pedro Tedde aderiram ao NovoEstiveram em Araraquara na última quarta-feira (14) lideranças do “Partido Novo”, onde deram entrevista à Rádio Jovem Pan e à Rádio Morada do Sol. Visitaram a Nigro e ficaram impressionados com o posicionamento da indústria de alumínio araraquarense em relação aos impostos abusivos praticados no Brasil.

A onda laranja que se avoluma dia a dia também visitou a Fundecitrus\Tedde e a Santa Casa. O evento foi finalizado no Hotel Comfort com meia hora de atraso – já sinalizando os costumes dos políticos brasileiros – discursando Rogério Chequer (pré-candidato ao governo do Estado de SP) do Movimento Vem Pra Rua, que elogiou os candidatos do Novo, especialmente João Amoêdo que vai disputar o cargo maior do país. Fez também uso da palavra Christian Lohbauer (pré-candidato a senador por SP) que enfatizou que o partido não quer saber de dinheiro público, tempo de televisão e nem de qualquer regalia para seus representantes.

“O desafio do partido é não se deixar seduzir pelas armadilhas do poder e tem como forma de governo descentralizar muitas atribuições do Estado à iniciativa privada – as pastas, caso ganharmos a presidência, devem ser ocupadas por técnicos e os eleitos cumprirão uma só gestão”, disse Christian.

O Novo, com características de esquerda liberal, lembra os posicionamentos do filósofo Raymond Aron – criador do termo Guerra Fria-, em relação às atribuições do Estado, à iniciativa privada e à crítica aos regimes de esquerda. O partido se colocou contra os governos de Dilma Rousseff (PT) apoiando o seu impeachment.

Em Araraquara, apresentaram como pré-candidato a deputado estadual Alexandre Machado, mediante um auditório lotado. Pedro Tedde vem se destacando como líder natural do Novo. Finalizando o evento, criticou durante o PSDB, principalmente da omissão dos tucanos no episódio das malas de dinheiro que deveriam chegar ao senador Aécio Neves. “Eu e o Lineu de Assis não aceitamos mais a conduta do PSDB, resolvemos então aderir ao Partido Novo”, disse o ex-tucano.

Toninho Deliza, presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Araraquara (Sincomercio), também foi dar uma olhadela no evento – parece que gostou das propostas do Novo.

Últimos Vídeos

Loading...

Charge do Dia

  • Copa 2018

Arquivos