Select Page

Nova estrada da barragem do Monte Alegre garante escoamento da produção das famílias

Nova estrada da barragem do Monte Alegre garante escoamento da produção das famílias

“Me sinto de novo orgulhoso em morar no assentamento Monte Alegre. E muito feliz de ver essa passagem refeita. Agradeço ao prefeito Edinho pela obra, em nome de todos”, discursou o produtor rural Zé Negão, que representou os demais produtores do assentamento, nessa sexta-feira (13), na cerimônia de entrega da obra de construção da travessia na estrada municipal ARA-531, a estrada da barragem, que interliga o Assentamento Monte Alegre ao município de Matão.

Em janeiro de 2016, fortes chuvas encheram a represa e romperam a passagem utilizada por cerca de 2 mil pessoas, dificultando o escoamento da produção, a mobilidade das famílias e o transporte de alunos para escolas em Matão, Araraquara e Motuca.

“Trabalhamos muito para conseguir os recursos do governo do Estado para essa obra e para as outras duas que devem sair em breve. Tenho que agradecer muito ao deputado estadual Roberto Massafera, que intermediou uma conversa minha com o governador Geraldo Alckmin, no aeroporto, durante uma visita dele à nossa região. Ali eu apresentei o problema ao governador e ele autorizou as obras na hora”, ressaltou o prefeito Edinho, durante seu discurso na cerimônia. “Preciso agradecer ainda ao vereador Édio Lopes que, não está aqui conosco, mas se empenhou muito para que essa obra fosse entregue aos moradores”, acrescentou.

“Vim ver a obra em andamento e fiquei impressionado com o trabalho que estava sendo feito. Sei bem a importância dessa estrada e o sofrimento dos moradores daqui por causa da falta dessa passagem. Fui muito cobrado. Agora a ponte está aí e outras duas vão sair”, declarou ele, se referindo a outras duas obras foram iniciadas pela Prefeitura no assentamento: a reconstrução de ponte na estrada municipal ARA-513, sobre o Ribeirão Monte Alegre, interligando os setores 6 e 3 (serviço já concluído) e a reconstrução de ponte na estrada ARA-545, sobre o Ribeirão das Queijeiras, interligando os setores 6 e 2 (em andamento).

João Bernal, secretário municipal de Obras e Serviços, também mencionou a importância da passagem para a vida dos moradores do assentamento.

O produtor rural José Carlos dos Santos, 60 anos, elogiou a iniciativa da Prefeitura e lembrou os mais de dois anos que teve que encarar os canaviais para entregar seus produtos em Matão e Motuca.

 “Agora, com essa passagem, a gente consegue chegar muito mais rápido em Matão, num caminho decente, sem ter que se arriscar em canaviais e sem andar quilômetros a mais”, afirmou ele.

O também produtor rural João Henrique Rosa, 36, ratificou as palavras de José Carlos: “Estava realmente muito complicado ter que pegar caminhos alternativos para chegar a Matão. Além de ser arriscado andar nessas estradas de terra por quilômetros, a gente estava gastando muito combustível para entregar a produção”.

Convênio
A obra incluiu a construção de travessia na estrada da barragem do assentamento, assim como a canalização do córrego com aduelas de concreto, a construção de abas laterais para proteção da base e recomposição da estrada de terra. O serviço foi executado pela empresa Rone Engenharia, Projetos, Construções e Comércio.
O valor da obra é de R$ 149.105,23, em convênio com a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil. Houve repasse estadual de R$ 129.062,32, com contrapartida da Prefeitura de R$ 20.019,68.

Últimos Vídeos

Loading...

Charge do Dia

Arquivos