Selecione a página

Napeloso volta para Câmara dia 5

Redação

Segundo apurado pela reportagem do O Imparcial na manhã de ontem o vereador licenciado, e atual secretário da Agricultura, Ronaldo Napeloso (DEM) já está arrumando as malas e desembarca na Câmara Municipal dentro de no máximo, uma semana. A data da volta do presidente do “Demo” araraquarense para o Legislativo já estaria inclusive acertada, dia 5, uma terça-feira.

A costura política que define o retorno do atual secretário para a Câmara Municipal, com pelo menos sete meses de antecedência – a previsão era de que ele reassumiria sua cadeira somente em março de 2012 -, segundo se apurou, pode ter começado a se definir na última quarta-feira, dia 24, quando o Executivo publicou nos atos oficiais do município uma portaria e um decreto limitando a atuação da Pasta.

Desde aquela data, de acordo com o texto das publicações, a Secretaria Municipal de Agricultura somente estaria habilitada a realizar compras diretamente dos produtores rurais, ou seja, dos assentamentos localizados em Araraquara. Também segundo os atos, o prefeito determinou a extinção da Comissão de licitação da Secretaria da Agricultura, criada apenas três meses antes, em junho deste ano. Nos bastidores fala-se que o Ministério Público estaria apurando duas compras realizadas pela Pasta recentemente.

Com a saída de Napeloso da Pasta, e sua consequente volta para a Câmara Municipal, quem deixa o cargo no Palacete Carlos Alberto Manço é o peemedebista Lucas Grecco, 2º suplente de vereador pela coligação PMDB/DEM, que elegeu quatro parlamentares no pleito de 2008.

O Imparcial apurou ainda que Lucas já teria sido avisado sobre a volta do atual secretário da Agricultura para sua cadeira na Câmara. O substituto de Napeloso não compareceu a cerimônia de inauguração das novas instalações da Equoterapia e da AAPA, realizada na manhã de ontem, no Pinheirinho.

Queda de braço

A coligação PMDB/DEM elegeu quatro vereadores nas última eleições municipais; Elias Chediek (PMDB), Aluisio Braz – “Boi” (PMDB), Serginho Gonçalves (PMDB) e o próprio Ronaldo Napeloso (DEM). O 1º suplente da coligação é o também peemedebista Jair Martinelli, que desde o início do governo Marcelo responde pela Secretaria Municipal de Esportes.

A eleição de Napeloso na chapa PMDB/DEM nas últimas eleições, aliás, causou grande desconforto nas hostes peemedebistas. E a movimentação tomou tamanho rumo, que os pré-candidatos do partido de Marcelo Barbieri, apoiados pelos atuais vereadores e suplentes da agremiação vetaram qualquer possibilidade de o PMDB se coligar novamente com o DEM em 2012.

Os bastidores afirmam, inclusive, que o movimento não teria parado no PMDB, e já estaria ganhando corpo em outras agremiações políticas de porte da cidade, o que poderia restringir bastante os movimentos do “Demo” na cidade.

Outra informação que corria insistentemente na tarde desse sábado pelos bastidores da política araraquarense é que a Secretaria de Agricultura estaria sendo destinada ao PV, presidido no município pelo vereador Fernando Cesar Câmara, o Galo, e que tem em seus quadros a ex-presidente da Câmara Municipal, Edna Martins. Edna disputou a Prefeitura de Araraquara contra Marcelo Barbieri em 2008. Na época, ela ainda era uma das grandes lideranças petistas da cidade.

Não se sabia ainda quem, dentre os “Verdes” de Araraquara, assumiria a pasta; se Galo, Edna ou algum outro nome indicado por eles. Falava-se pelos corredores do poder que o prefeito teria dedicado boa parte do dia de ontem em costura com dirigentes do partido para “amarrar” os últimos detalhes o acordo. Marcelo quer Edna em seu palanque em 2012 – se como vice, a conversa ainda ficaria para o ano que vem.

Últimos Vídeos

Carregando...

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade