Selecione a página

Massafera discute implantação do Parque Tecnológico de Araraquara

José Reis dos Santos Filho, secretário municipal de Meio Ambiente; Eneida Miranda de Toledo, da Ciesp/Fiesp; Roberto Massafera, deputado estadual; Edna Martins, vereadora; Gilberto Pereira Barreto, representando empresariado local; Érica Gallucci, coordenadora do Centro de Estudos de Sustentabilidade da FGV.

O deputado estadual Roberto Massafera reuniu-se esse fim de semana para dar andamento ao projeto de implantação do Parque Tecnológico de Araraquara, uma iniciativa que conta com o apoio do governo do Estado de São Paulo.Participaram dessa reunião o secretário municipal de Meio Ambiente, José dos Reis Santos Filho; a vereadora Edna Martins; a diretora regional do CIESP/FIESP, Eneida Miranda de Toledo; a coordenadora do Centro de Estudos de Sustentabilidade da FGV, Érica Gallucci; e um representante do empresariado local, Gilberto Pereira Barreto.O grupo discute qual melhor formatação jurídica da entidade responsável pela elaboração do plano estratégico do empreendimento. Sua tarefa será preparar o projeto do Parque Tecnológico de Araraquara a fim de credenciá-lo junto ao Sistema Paulista de Parques Tecnológicos (SPTec) da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia.“É um projeto de médio prazo de quatro anos. Nesse momento precisamos criar uma estrutura executiva mínima com capacidade técnica, financeira, e disponibilidade integral para o projeto. O Parque vai agregar valor tecnológico e ambiental à economia de toda região”, comentou o deputado Roberto Massafera.Para o credenciamento do Parque Tecnológico, o SPTec exige uma área mínima de 200 mil metros quadrados, documento comprovando apoio de empresas locais, centros de pesquisas, universidades e instituições de ensino e pesquisa, além do projeto básico contendo esboço do projeto urbanístico e estudos prévios de viabilidade econômica, financeira e técnico-científica.Um Parque dessa natureza engloba empresas de tecnologia e universidades com objetivo de potencializar a capacidade técnica e científica de pesquisadores e laboratórios. Está focado no bem estar da comunidade promovendo a sustentabilidade, a inovação e a eficiência dos meios de produção.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade