Selecione a página

Marcos da Silva defende na Tribuna projetos que ampliam atribuições da Guarda Municipal

Marcos da Silva defende na Tribuna projetos que ampliam atribuições da Guarda Municipal

Credenciado pela Coordenadoria Executiva da Guarda Civil Municipal de Araraquara (GCM), Marcos Roberto da Silva, fez uso da Tribuna Popular da Câmara na 87ª Sessão Ordinária realizada nessa terça-feira, dia 18, para defender Projetos de Lei em tramitação na Casa que ampliam as atribuições da GCM. “Tramita nesta Casa Projeto de Lei que altera a descrição sumária das funções da GCM, o qual possibilita prestar um serviço ainda mais eficaz à população, em especial no que diz respeito à ordenação do trânsito na cidade, fiscalizando sua circulação, estacionamento e paradas de veículos, autuando os infratores quando necessário e aplicando as medidas administrativas conforme rege o Código de Trânsito Brasileiro. Além de podermos colaborar também na fiscalização de Obras e Posturas Municipais. Vislumbramos para os vereadores, após aprovação deste Projeto de Lei, uma participação ainda maior da GCM em projetos junto à Secretaria de Trânsito do Município que visam especialmente a redução e prevenção de acidentes, educação para o trânsito e outros, proporcionando assim uma segurança para todos os usuários das vias”, argumentou.
Silva disse que a aprovação do projeto significa que a Guarda Municipal vai poder colaborar também na fiscalização do Código de Posturas do Município, “em especial no comércio ilegal de produtos falsificados na área central e demais corredores comerciais, descarte irregular de entulhos, som alto em veículos, construções abandonadas, etc., tendo como principal objetivo o bem comum”, defendeu.
Ele também defendeu a aprovação pelos vereadores do “Projeto por uma cidade mais segura”, da Secretaria Municipal de Segurança Pública. “O objetivo principal será proporcionar aos cidadãos do município de Araraquara, bem como sua população itinerante, segurança e maior qualidade de vida, a diminuição de ilícitos penais como furto de veículos, acidentes de trânsito, roubo a transeuntes e comerciantes, uso e tráfico de entorpecentes serão sim nossas prioridades. Isso após parcerias firmadas com as polícias Civil e Militar, as secretarias de Trânsito, Saúde, Educação e Assistência Social”.
O coordenador executivo esclareceu que a GCM atuará em pontos estratégicos do município. “Para a execução deste projeto todos os guardas civis municipais estarão voltados para o policiamento comunitário e preventivo, estreitando os laços com a comunidade, detectando problemas e apontando possíveis soluções”, afirmou.
Por fim, Silva agradeceu o apoio do prefeito Marcelo Barbieri, o secretário municipal de Segurança Orlando Mengatti Filho, o Nino, e aos vereadores. O projeto foi aprovado por unanimidade dos vereadores.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade