Select Page

Advertisement

Márcia Lia solicita informações do Iamspe em Araraquara



Deputada encaminhou requerimento de informação pedindo números do atendimento feito pela Santa Casa

Márcia Lia solicita informações  do Iamspe em Araraquara

Publicidade

Advertisement

A deputada estadual Márcia Lia protocolou requerimento à Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado solicitando informações sobre o atendimento da Santa Casa de Araraquara prestado aos pacientes do Iamspe. Há um ano, o Estado firmou convênio com o hospital para ampliar os serviços na cidade e microrregião.

 “Queremos saber a amplitude desse convênio, quanto a população tem sido beneficiada com esse serviço e se existe a possibilidade de ser ampliado ainda em breve”, observa a deputada Márcia Lia.

O requerimento de informação 145/2018, protocolado em 14 de junho, solicita o número de atendimentos feitos pela Santa Casa de Araraquara via Iamspe desde abril de 2017, quando foi firmado o convênio entre as entidades; quantos destes atendimentos resultaram em internação e quantos exames de diagnóstico e de imagens foram feitos, com a indicação exata do número de ressonâncias magnéticas, ultrassonografias e tomografias computadorizadas, todas realizadas no centro de diagnóstico do próprio hospital.

Como a Santa Casa de Araraquara também está credenciada para fazer cirurgias eletivas e de emergência, o documento requer a quantidade destes procedimentos nesses 14 meses e a quais especialidades eles se referem.

Ainda sobre o convênio com a Santa Casa, o requerimento de informação questiona o repasse feito pelo Iamspe ao hospital para pagamento destes serviços, qual o orçamento previsto e qual o orçamento executado para internação, exames e cirurgias, separadamente.

Por conta do convênio com a Santa Casa, o Iamspe ainda aumentou seu quadro de médicos e especialidades oferecidas em Araraquara, e o requerimento pede esses dados em números, assim como questiona a expectativa de ampliação do atendimento em Araraquara com a instalação de unidade de urgência e emergência.

 “Nas conversas tanto com o Governo quanto com a Santa Casa ficou claro que existia uma negociação para a instalação de unidade de urgência e emergência, então queremos saber se essa tratativa caminhou para que se chegue a um acordo ou se parou e, nesse caso, por qual motivo parou”, fala a deputada Márcia Lia.

Últimos Vídeos

Loading...

Charge do Dia

  • Contas a pagar

Arquivos