Selecione a página

Márcia acompanha Lula em visita a campus da UFSCar

A deputada Márcia Lia acompanhou, nesta terça-feira, 01, o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva a uma visita ao campus Lagoa do Sino, da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) na cidade de Buri (região Sudoeste). A comitiva de Lula fez uma visita para inaugurar o Laboratório de Agricultura Familiar, do Centro de Ciências da Terra da universidade, conhecer o campus e conversar com professores e alunos da unidade e representantes de movimentos sociais de Buri e região. Pequenos agricultores que foram ao campus elogiaram as políticas de agricultura familiar do governo Lula e lamentaram o fim dos programas após o impeachment da presidenta Dilma Rousseff. Márcia e Lula destacaram a importância da luta dos estudantes na defesa da educação pública brasileira.
Márcia Lia lembrou, em sua fala, de projetos do atual governo federal que cortarão verbas dos institutos e universidades federais, congelando investimentos na educação e das mudanças no Ensino Médio, além do fim de outras políticas sociais implantadas nos últimos 12 anos no Brasil. Para ela, “este é o momento da juventude, dos estudantes universitários e secundaristas se levantarem e irem à luta contra o retrocesso que toma conta do País”.
A deputada também relatou as dificuldades que a bancada de oposição tem enfrentado na Assembleia Legislativa. Criticou o Projeto de Lei 328/2016, que prevê a venda de áreas de institutos de pesquisa e outras áreas públicas do Estado, como um retrocesso à área de pesquisa e à agricultura familiar. O presidente Lula pediu à deputada que acione o Ministério Público para fazer cumprir a lei de compra de alimentos de pequenos produtores via PNAE pelas Prefeituras. O assunto é uma das prioridades do mandato da parlamentar.
Em sua fala, o presidente Lula lembrou a importância que a educação teve em seu governo, que mudou a legislação anterior para ampliar os cursos técnicos e resgatar as universidades federais. “O Plano Nacional de Educação foi a coisa mais extraordinária que nós fizemos. E quando chegou aos Estados piorou, e quando chegou aos municípios piorou mais ainda. Mas em 12 anos fizemos mais pela Educação do que foi feito em um século neste País, e agora vem essa PEC e a reforma do Ensino Médio”, disse Lula, pedindo aos jovens que não desistam, mesmo que as notícias na tevê, nos jornais sejam desanimadoras, mesmo que os ataques sejam pesados. “Se eu que acabei de fazer 71 não quero desistir, vocês também não podem desistir. E precisam ter a consciência de que o político que vai mudar este País não é o Lula, não é o Raduan, são vocês.” Ao fundo, um dos estudantes pediu: “Lula, não desista nunca”.
Também participam da atividade o vereador eleito por São Paulo Eduardo Suplicy, o professor Luis Dulci, ex-secretário-geral do Governo Lula e um dos fundadores do PT, e Guilherme Boulos, da coordenação nacional do MTST. Eles foram recebidos pelo diretor da unidade, o Prof. Dr. Luiz Manoel de Moraes Camargo Almeida, pelo vice-diretor Prof. Dr. Alberto Luciano Carmassi e pelo escritor Raduan Nassar. Cerca de 150 alunos da unidade e pequenos agricultores da região também receberam a comitiva de Lula.
A atividade é um compromisso assumido pelo presidente Lula com o escritor Raduan Nassar, que doou a fazenda à universidade em 2013, com todas as benfeitorias. Os antigos funcionários foram contratados pela UFSCar. A sede, as casas da colônia e os galpões foram transformados em laboratórios e salas de aula. A Fazenda Lagoa do Sino pertencia ao escritor desde 1985, quando passou a viver no local e a se dedicar exclusivamente à produção rural. A UFSCar tem quatro campi: São Carlos, Sorocaba, Araras e Buri (Lagoa do Sino). O projeto para o Campus Lagoa do Sino está estruturado em três eixos: Desenvolvimento Sustentável Territorial; Soberania e Segurança Alimentar; e Agricultura Familiar.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade