Selecione a página

Manifestação do dia 13 de março promete ser maior

O movimento “Vem pra Rua” se fortalece diante das denúncias contra Lula e o governo nos últimos dias. Autoridades temem um confronto entre petistas e participantes pró impeachment

Suze Timpani
Os organizadores da manifestação e representantes do movimento “Vem pra rua”, que é favorável ao impeachment da presidenta Dilma Rousseff, Nando Gião e Pedro Celli, estiveram na redação do Jornal O Imparcial, para esclarecimentos sobre a passeata.
No próximo domingo (13), em todo o país haverá manifestações e, em Araraquara, a concentração será no Parque Infantil, a partir das 15h. O trajeto que os manifestantes percorrerão na cidade dessa vez será menor. O início será no Parque Infantil e vai até a Prefeitura Municipal.
Inovando, a cidade também receberá o Pixuleko, um boneco inflável de 5 metros de altura que estará fazendo parte da manifestação do dia 13.
Nando acredita que nesse domingo as manifestações por todo o país serão maiores, diante dos indícios de que as coisas estão começando a funcionar. Como a condenação a 19 anos de Marcelo Odebrecht, a condução coercitiva de Lula para depor e as revelações de Delcídio do Amaral. “Nisso as pessoas acabam tendo um pouco de esperança, seja o político de qual partido for, desviou, roubou, tem que pagar por isso”.
Para Celli, a lei é para todos independente de partido, não defendemos partidos nem políticos. “Veja hoje, que nome temos para presidente, nenhum”. Para ele, a oposição é composta de urubus que estão apenas sobrevoando o Planalto para tentar pegar os restos.
A intenção da manifestação é pedir que os culpados paguem por seus crimes e sejam presos.
Eles afirmam ainda que o “jeitinho brasileiro” está acabando com o país e se transformou em falta de educação, e está na hora de mudarmos nossa concepção de cidadão para então discutir política e ter condições de cobrar de vereadores, prefeitos, deputados e senadores tudo o que eles se comprometeram a fazer e não fizeram. “Falta consciência política para a população”.
Não dá mais para o Brasil continuar na era do “pão e circo”, olhemos para as Olimpíadas, onde haverá diversão, mas as filas nas portas dos hospitais não param de crescer.
O representante do movimento “Vem pra rua”, entrou em contato com o Capitão Zecheto da Polícia Militar de Araraquara, que salientou que o efetivo da PM será dobrado para evitar possíveis confrontos. Pois primam por uma manifestação pacífica e levando em consideração a decisão do Governador do Estado de que quem for contrário às manifestações, não saiam nas ruas, caso contrário enfrentarão a polícia.
O pedido dos organizadores é que ninguém vá para as ruas usando roupas vermelhas. Máscaras ou bandeiras partidárias também não serão permitidas.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade