Selecione a página

Lula leva multidão para a avenida Paulista

De modo geral, as manifestações reuniram menos gente do que as pró­impeachment do último domingo

Da redação
O ex-­presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) chegou ao ato por volta das 19h, sob aplausos de manifestantes, que gritavam “Lula guerreiro”, “não vai ter golpe” e também “fora, Cunha”. Lula também gritou “não vai ter golpe” e disse que virou outra vez o “Lulinha paz e amor”.
Segundo os organizadores, 250 mil pessoas se reuniram na avenida Paulista, Centro financeiro de São Paulo. Até o fechamento desta edição, ao menos 25 Estados registraram atos pró-­governo. O ato de São Paulo foi o maior do país.
De modo geral, as manifestações reuniram menos gente do que as pró-impeachment do último domingo (13). Houve confronto entre integrantes da CUT (Central Única dos Trabalhadores) e do PT e um grupo pró-impeachment que tentou abrir um cartaz contra Dilma em frente à Fiesp. O grupo correu para uma concentração de policiais em busca de proteção, e a PM dispersou a briga com spray de pimenta.
Os protestos pelo país começaram na quarta, após o juiz federal Sergio Moro liberar no inquérito da Operação Lava Jato um grampo telefônico que sugere uma ação de Dilma para evitar uma eventual prisão do ex-presidente, nomeado ministro­-chefe da Casa Civil, Luiz Inácio Lula da Silva.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade