Select Page

Lei que reforça prevenção ao glaucoma é sancionada por Edinho



Dia Municipal de Combate e Prevenção ao Glaucoma será lembrado anualmente, em 26 de maio O prefeito Edinho sancionou nessa quarta-feira (17) a lei que institui e inclui no Calendário Oficial de Eventos do Município o Dia Municipal de Combate e Prevenção ao Glaucoma, a ser lembrado anualmente em 26 de maio. O projeto de […]

Lei que reforça prevenção ao  glaucoma é sancionada por Edinho

Dia Municipal de Combate e Prevenção ao Glaucoma será lembrado anualmente, em 26 de maio

O prefeito Edinho sancionou nessa quarta-feira (17) a lei que institui e inclui no Calendário Oficial de Eventos do Município o Dia Municipal de Combate e Prevenção ao Glaucoma, a ser lembrado anualmente em 26 de maio. O projeto de lei, de autoria do vereador Edson Hel (PPS), foi aprovado pela Câmara Municipal.
Segundo a lei, durante o Dia Municipal de Combate e Prevenção ao Glaucoma serão realizados exames com oftalmologistas, campanhas educativas e outras iniciativas, com o objetivo de informar a população sobre a necessidade da sua detecção precoce. Os recursos necessários para as despesas com a execução da lei serão obtidos por meio de doações de empresas privadas, sem gerar gastos ao Município.
“É uma lei de extrema importância, que vai gerar uma grande campanha de conscientização e de realização de exames preventivos. O glaucoma é uma doença silenciosa e que causa cegueira incurável. Portanto, todo cuidado é necessário. Parabéns ao vereador pela idealização desse projeto”, afirma o prefeito Edinho.
Segundo Edson Hel, 80% dos pacientes que têm a doença só buscam um oftalmologista após perderem parte da visão. “Isso acontece porque essa é uma patologia silenciosa. Por esse motivo, instituir um dia que provoque as pessoas a se informarem e a se prevenirem se faz tão necessário. Com as pessoas tendo conhecimento sobre como se cuidarem, os casos podem diminuir”, diz o vereador.
Acompanharam o ato de sanção da lei o chefe de gabinete, Alan Silva, o médico oftalmologista responsável pelo Cresep (Centro de Referência em Saúde, Ensino e Pesquisa) Hospital de Olhos, Dr. José Augusto Cardillo, e o diretor Francisco de Assis Bergamim.

Risco de cegueira
O glaucoma atinge 1 milhão de brasileiros e é a doença que mais causa cegueira irreversível no mundo, provocada pela elevação da pressão ocular — a catarata, líder do ranking das doenças que causam cegueira, é reversível por cirurgia. O glaucoma não tem cura, mas, diagnosticado precocemente, tem tratamento por meio de colírios (que baixam a pressão ocular), cirurgias e uso de laser.
Segundo a Associação Brasileira dos Amigos e Familiares de Portadores de Glaucoma, a doença pode se desenvolver durante meses ou anos sem apresentar nenhum sintoma. Os sintomas só aparecem na fase mais avançada, quando a pessoa começa a esbarrar nas coisas, pois está perdendo a visão periférica (não enxerga bem o que está dos lados).
São fatores de risco para a doença: pessoas que têm familiares com glaucoma, pessoas acima de 40 anos, pacientes com alto grau de miopia e diabéticos. Nesses casos, deve-se ficar ainda mais atento aos exames de rotina.

Últimos Vídeos

Loading...

Charge do Dia

Publicidade

Arquivos