Selecione a página

Juliana é homenageada pela Polícia Rodoviária

Vereadora recebe medalha por sua atuação ligada às questões sociais e humanitárias

Por sua atuação ligada às causas sociais e humanitárias e projetos que valorizam os policiais militares, a vereadora Juliana Damus (PP) recebeu a Medalha Cinquentenário do Policiamento Rodoviário. A solenidade de entrega da honraria ocorreu na tarde de quinta-feira, 21 de março, na sede da Polícia Rodoviária (PR).

Indicada pelo comando de Araraquara e aprovada pelo comando da Polícia Militar do Estado, a medalha deveria ter sido recebida em São Paulo, mas por motivos de ordem pessoal, Juliana não pode estar presente, por isso, foi aberta uma exceção para que a solenidade ocorresse em Araraquara.

A homenagem é uma “forma de agradecimento pela amizade e pela fidelidade à Polícia Militar do Estado de São Paulo, pois desde o início de sua vida política atua sempre em sintonia com o interesse público, dispensa atenção e tratamento diferenciado para a Polícia Militar, especialmente ao Policiamento Rodoviário”, afirmou a tenente Priscila que apresentou a solenidade.

Juliana é vista pela Polícia Rodoviária como “legisladora vibrante e atuante, que nunca mediu esforços para defender causas em favor da Polícia Militar, tornando-se evidente seu apreço pelo Policiamento Rodoviário, podendo ser destacada lei de sua autoria que criou em Araraquara o Dia Municipal do Policial Rodoviário”.

Reconhecimento

Também homenageado, o coronel João Alberto Nogueira Júnior, ex-comandante da PR em Araraquara, afirmou que Juliana “cumpre muito bem seu papel como vereadora e é uma grande parceira e amiga da corporação, sempre colaborando e por isso é merecedora dessa medalha”. Ele lembrou que “esta comenda é para poucos”.

Representando o prefeito Marcelo Barbieri (PMDB), Antonio Coca Ferraz (PDT), vice-prefeito, observou que Juliana Damus “dá prosseguimento a um excelente trabalho iniciado pelo seu pai, Elias Damus” e brincou lembrando que o ex-vereador era muito popular. “O Elias deveria ir para o Guinness Book como a pessoa que tinha mais comadres e compadres no mundo”.

Segundo Coca, “a Juliana desenvolve um trabalho magnífico, é uma grande pessoa e uma grande vereadora; essa homenagem é mais do que justa, ela merece até mais por tudo que já fez e ainda faz por Araraquara”.

Para a vereadora, “é uma grande honra receber uma medalha como essa; não sei se mereço, mas recebo com muita alegria, pois sei que é raro e nem todos recebem essa honraria”. Juliana reforça que “continuo à disposição e farei tudo que estiver ao meu alcance” para colaborar com a Polícia Rodoviária.

Em seu pronunciamento Juliana também exaltou o trabalho do ex-comandante. Autora do projeto de lei que concedeu ao coronel João Alberto Nogueira Júnior o título de Cidadão Benemérito, Juliana o definiu como “íntegro, capacitado, democrático e grande líder”.

Medalha

A Medalha do Cinquentenário do Policiamento Rodoviário tem o objetivo de condecorar personalidades civis e militares e instituições públicas e privadas que tenham contribuído com a Polícia Militar e o Policiamento Rodoviário prestando relevantes serviços ao Estado de São Paulo e ao seu povo.

A medalha é feita de prata, representando os 50 anos completados em 1998. Possui em seu anverso a imagem de uma roda antiga (representando os veículos), leva o distintivo do Policiamento Rodoviário e a data 1948. Em seu reverso, tem o brasão de armas da Polícia Militar e a inscrição “Policiamento Rodoviário”. A fita tem cinco listras nas cores preta, representando as estradas e rodovias, o asfalto; amarela, representando as riquezas que circulam pela malha rodoviária paulista; e, azul, representando a Polícia Militar do Estado de São Paulo.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade