Selecione a página

Guardas municipais usam câmeras de segurança para gravar closes de mulheres

Câmeras são usadas para seguir casais de namorados e mulheres pelas ruas e praças da cidade 

Hamilton Mendes

Araraquara é um grande Big Brother, e você, leitor, não tem qualquer privacidade. O grave, no entanto, é que os responsáveis por isso são alguns guardas municipais, que resolveram se divertir com as câmeras de segurança da cidade, adquiridas pela Prefeitura por algo em torno de R$ 1 milhão de reais, com recursos obtidos junto ao governo federal.

Instaladas por vias movimentadas de Araraquara, as câmeras deveriam ser usadas para inibir a criminalidade, gravar imagens de furtos e roubos e aumentar a segurança dos cidadãos. Entretanto, imagens divulgadas no início da noite desta quarta-feira mostram câmeras de segurança da cidade fazendo de tudo, menos cuidando de buscar imagens que garantam a segurança dos araraquarenses.

O que se vê no vídeo, aliás, escancara um comportamento vergonhoso por parte de alguns operadores dessas câmeras, que deixam seu trabalho de lado e invadem a privacidade das pessoas de forma escancarada.

O vídeo exibido ontem na Câmara Municipal traz imagens de pessoas na Rua 2 e na Praça Pedro de Toledo. O primeiro flagrante é de uma moça loira, que anda despreocupada pelo Boulevard da Rua 9 de julho. A moça, que veste bermuda e uma blusa rosa é seguida pelo operador. Logo depois, o vídeo foca em detalhes um casal namorando na Praça Pedro de Toledo.

As imagens são chocantes, especialmente devido ao comportamento dos operadores, todos guardas municipais, que deixam seu trabalho de lado e passam se dedicar a invadir descaradamente a privacidade das pessoas.

Na primeira parte do vídeo, o operador deixa de monitorar o movimento da Rua 2 e fecha a imagem na moça, seguindo atrás dela até mesmo dentro de uma grande loja, localizada na esquina da Rua 2 com a Avenida Feijó. O vídeo mostra ainda outras imagens, agora com um casal namorando na Praça Pedro de Toledo, quando o operador fecha a imagem entre as pernas da moça.

As imagens mostram ainda duas fotos feitas no interior da sala de operações das câmeras de monitoramento, localizada na Arena da Fonte. Um dos flagrantes mostra dois guardas assistindo a um jogo de futebol em dos monitores, que deveria exibir uma das ruas da cidade. Ambos estão com os pés em cima das mesas. A segunda foto mostra os monitores apagados. Ou seja: todas as câmeras estavam desligadas.

O vídeo, surpreendente e chocante, foi apresentado à imprensa no início da noite de ontem durante uma coletiva realizada pela bancada do PT, no Palacete Carlos Alberto Manço, sede da Câmara Municipal de Araraquara. Na ocasião, os três vereadores, Gabriela Palombo, Donizete Simioni e Edio Lopes declararam que o material já está de posse do promotor Raul de Mello Franco Júnior.

Comandante da Guarda desconhecia material

Segundo apurado pela reportagem do O Imparcial, as imagens foram entregues aos vereadores por dente da própria guarda, todos insatisfeitos e incomodados com o comportamento de alguns de seus colegas. Falando com o repórter, um deles declarou que existe um banco de dados com imagens de flagrantes “eróticos”, colhidos pelas câmeras em diferentes horários por ruas da cidade.

O Imparcial conversou ainda com o comandante da GM, tenente Bauer, que se declarou surpreso com o conteúdo divulgado. Ele afirmou desconhecer a existência dos vídeos. Bauer disse então que vai pedir acesso ao material, segundo ele, até para checar se as imagens foram mesmo produzidas pelos equipamentos do município. “Se for confirmado, vamos fazer uma apuração séria, e os responsáveis vão responder pelos seus atos e serão punidos exemplarmente”, garantiu.

Perguntado pela reportagem sobre a suposta existência de um banco de dados com imagens captadas por ruas da cidade, Bauer não descartou a possibilidade. “Se houve alguém para fazer essas gravações, é bem possível a existência de outras imagens. As câmeras pegam muitos flagrantes pelas ruas, e pode ser que alguém tenha armazenado alguma coisa. Vamos investigar”, disse ele.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade