Selecione a página

FecomercioSP considera anúncio sobre redução de ministérios pouco esclarecedor e amador

Para Entidade, é preciso contemplar uma redução de custos, pois, caso contrário, de nada vai adiantar tal mudança, diante de uma máquina pública inchada

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) considera o comunicado do ministro do planejamento, Nelson Barbosa, sobre a redução de ministérios, pouco esclarecedor, além de demonstrar um total amadorismo por parte das autoridades governamentais, pois não houve diretrizes pertinentes.
A FecomercioSP é favorável à diminuição de ministérios, porém, salienta que de nada adianta a redução, se os cargos e salários forem mantidos. A expectativa é que o programa de redução seja articulado e definido o corte que será realizado na sua estrutura.
A Entidade reforça que é preciso contemplar uma redução de custos, pois tal mudança será ineficiente diante de uma máquina pública inchada.
A Federação ressalta que ao se falar de redução da meta fiscal, a determinação de manter inalterada a estrutura inchada da máquina pública dificulta ainda mais a retomada da confiança. Mesmo ciente da rigidez do orçamento público e de que grandes cortes talvez ainda não fossem suficientes para se alcançar a totalidade da meta pretendida, as medidas claras na direção da redução dos gastos públicos, dos 24 mil cargos comissionados e dos 39 ministérios já seriam um alento em termos de ganho de credibilidade. Sem isso, cresce o risco de o País perder o grau de investimento e agravar ainda mais a atual conjuntura econômica.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade