Select Page

Estudantes realizam debates durante 2ª Sessão do Parlamento Jovem na Câmara

Estudantes realizam debates durante 2ª Sessão do Parlamento Jovem na Câmara

Na tarde dessa quinta-feira (21), o Plenário da Câmara Municipal de Araraquara foi palco de exemplos de atos políticos e democráticos. Dessa vez quem protagonizou o debate não foram os vereadores, mas os alunos do nono ano de escolas públicas e particulares da cidade.

Selecionados para o projeto Parlamento Jovem 2018, os estudantes representaram, frente aos parlamentares, seus colegas, vizinhos e familiares, ao apresentarem indicações que foram ao encontro das demandas que presenciam em seus cotidianos.

Apesar da encenação na qual os estudantes assumiram os papéis de vereadores e suplentes, o trabalho foi para valer. As proposituras contemplaram temáticas diversas, todas de interesse coletivo, que serão encaminhadas para a avaliação do Executivo e, em caso de aprovação, aplicadas na gestão.

Na pauta da votação: acessibilidade nas escolas e na cidade, bem como selo de inclusão nas instituições de ensino; mobilidade urbana entre centro e periferia; melhorias na limpeza pública e na coleta de lixo; centro de convivência para idosos; criação de Upas em regiões mais afastadas; implantação de semáforos para garantir a segurança do pedestre nas áreas onde há fluxo intenso de pais e estudantes; reabertura de Telecentro, possibilitando o acesso à informação àqueles que não têm internet em casa; acolhimento para as pessoas em situação de rua e criação de plataforma online para recarga do passe gratuito.

E os alunos das escolas da cidade não foram os únicos a sugerirem melhorias para o município. Houve também a participação dos estudantes das escolas do campo. Como indicações, foram propostas a criação de área de lazer nos arredores do assentamento Monte Alegre e o programa para produção de mudas de árvores nas escolas rurais para doação às escolas urbanas.

Após o pequeno expediente, os jovens também apresentaram requerimentos que solicitam ao prefeito, Edinho Silva (PT), providências sobre a reforma do Teatro Municipal, a segurança no Terminal de Integração, os projetos de esporte e lazer para o distrito de Bueno de Andrada e o modo como as questões de gênero estão sendo trabalhadas nas escolas da cidade.

O projeto

O Parlamento Jovem é uma iniciativa da Escola do Legislativo (EL) da Câmara Municipal de Araraquara em parceria com o Laboratório de Política e Governo da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, e visa à participação e inserção da sociedade civil no processo democrático. Para Milton Huerta, coordenador do laboratório em Araraquara, o trabalho é fundamental para a consolidação da democracia e da cidadania no município. “Vivemos um tempo em que a política e os políticos são mal vistos, mas não podemos nos esquecer de que é por meio da política que as melhorias as quais desejamos acontecem. Hoje, o que presenciamos foram exemplos de cidadãos que demonstraram espírito político e preocupação com o coletivo, de forma respeitosa e democrática”, enfatizou o professor.

O presidente da EL, vereador Rafael de Angeli (PSDB), também apontou seu contentamento com os frutos do projeto. “Durante cinco meses de trabalhos intensos juntamente às servidoras da Escola e à equipe do laboratório, conseguimos viabilizar a formação política de 1500 alunos, que saem com uma percepção diferente sobre política e conhecendo os instrumentos das instituições democráticas. Na tarde dessa quinta, 36 alunos assumiram os papéis de parlamentares, porém o ganho em conhecimento que obtemos vai muito além. Esses jovens vereadores por um dia serão exemplos para seus colegas, familiares e vizinhos.”

Ao final da sessão, os estudantes receberam o Diploma de Honra ao Mérito Estudantil e um presente, o livro “Constituição em Miúdos” para poderem aprimorar o aprendizado. “Quem sabe daqui a alguns anos não receberemos esses mesmos jovens como vereadores oficiais da Casa de Leis?”, indagou em tom alegre o presidente da Câmara, Jéferson Yashuda Farmacêutico (PSDB).

Também participaram da reunião o coordenador executivo de Educação Básica, Alexandre de Freitas, a professora Eguyar Sudati e o professor Daniel Marcos de Paula.

Últimos Vídeos

Loading...

Arquivos